03:50 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da Espanha

    Franquismo é suplantado por uma mulher

    © flickr.com/ steve_h
    Sociedade
    URL curta
    0 25331

    O município espanhol de Quart de Poblet, em Valência, lançou um referendo local sobre a mudança de nome de oito ruas. A votação poderá ser feita inclusive através do aplicativo Telegram, informou o site oficial do município.

    O referendo começou no dia 6 de junho e continuará até 11 de junho. Todos os moradores de Quart de Poblet maiores de 16 anos de idade poderão participar.

    A administração do município organizou a votação através de terminais móveis especiais, do próprio site e do Telegram. O último método tem um interface mais fácil de entender em comparação com o do site, enquanto os quiosques móveis são somente cinco e não funcionam 24 horas.

    É possível votar somente depois de obter a autorização, para confirmação da identidade e idade. Para isso, é necessário ingressar o código DNI (cartão de identificação nacional, parecido ao RG no Brasil) e a data de nascimento. Depois disso, o sistema confere se a pessoa indicada existe no último censo da população da cidade.

    A lista com 24 opções para os novos nomes  consiste, na sua maioria, de nomes femininos de pessoas famosas, tais como poetisas, atrizes, ativistas e cientistas, entre elas a madre Teresa. Também existem opções como “Rua 8 de março”, e “Rua das 13 rosas” em homenagem às 13 mulheres desconhecidas que foram executadas durante o regime franquista na Espanha. O município apontou que, atualmente, somente existem seis locais nomeados em honra destas mulheres.

    A iniciativa já foi aplaudida pelo fundador do Telegram, o russo Pavel Durov.

    Segundo os dados do jornal Levante, no primeiro dia, os habitantes da cidade deixaram 272 votos — 79 através do Telegram e 193 através do site. Os quiosques não conseguiram funcionar.

    Essa ação está acontecendo para apagar a memória os topônimos do regime ditatorial de Francisco Franco, que  vigorou em Espanha entre os anos 1936 e 1975.

    Mais:

    Catalunha submete primeira lei de ruptura com a Espanha
    Espanha: Esquerda Unida elege seu novo líder
    Tags:
    tecnologia da informação, tecnologia, rede social, votação, mulheres, referendo, Mundo, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik