11:07 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    Na Tailândia os médicos conseguiram impedir que o HIV e a sífilis se transmitam da mãe ao filho, comunica a comissão especial da Organização Mundial da Saúde (OMS) da ONU.

    A Tailândia tornou-se o primeiro país asiático que atingiu este resultado, diz-se no relatório da comissão.

    Em resultado de uma verificação complexa levada a cabo entre dezembro de 2014 e abril de 2016, o organismo da ONU constatou que na Tailândia a contaminação do feto com o HIV e a sífilis são de 1,91% do número total de contaminações. 

    Segundo os padrões da OMS, o país considera-se livre da proliferação das infeções por via de transmissão da mãe ao bebê durante a gravidez quando este índice é inferior a dois por cento.

    Em 2003, segundo o relatório da ONU, o nível de transmissão deste tipo de doenças por esta via no país era de 10,3%.

    Mais:

    Composto de erva usada na Tradicional Medicina Chinesa mata vírus da AIDS
    Tags:
    HIV, OMS, Tailândia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar