05:09 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Aeroporto internacional de Kamchatka

    Milhares de quilômetros separam o Hachiko russo de seu dono

    © Sputnik / Alexandr Piragis
    Sociedade
    URL curta
    441

    Na península russa de Kamchatka, um cachorro está esperando por seu dono no aeroporto principal da península. O proprietário foi viajar, deixando o cachorro para atrás.

    "Nós não sabemos de onde este cachorro veio. Já apareceu há uma semana, agora ele de fato está vivendo aqui. Ele anda na rua e vai ter com os passageiros que chegam a Kamchatka.

    De acordo com os voluntários que tomaram conta do cachorro, este foi deixado para trás pelo seu proprietário," disse o representante do aeroporto.

    "O homem não tinha suficiente dinheiro para transportar o animal e não conseguiu obter os documentos veterinários necessários, de modo que não foi permitido ao cachorro entrar no avião. O dono viajou sem o seu amigo, que agora aguarda por seu retorno," acrescentou o representante.

    ​Os funcionários do aeroporto dizem que o cachorro é muito simpático e tranquilo. Ele aceita alimentos de outras pessoas e prefere pratos de carne.

    Durante a semana o cachorro se tornou uma celebridade local. Os usuários de redes sociais estão chamando-o de "Hachiko da Kamchatka" e estão tentando a encontrar o novo lar para ele. Os voluntários da associação de caridade Ilha da Esperança estão cuidando dele.

    "As pessoas estão contanto umas às outros a história do cachorro nas redes sociais, na esperança de encontrar o seu dono. Mas até agora o dono não apareceu. No entanto, pessoas de todo o país estão nos ligando porque eles querem abrigar o cachorro," disse Marina Nikolenko, um voluntário da associação.

    "Recentemente uma mulher da cidade russa de Irkutsk telefonou e disse que estava pronta a pagar todos os custos de transporte do cachorro. Também em Moscou, em um dos abrigos para animais, está em curso uma campanha para buscar fundos que são necessários para o transporte do animal".

    No entanto, na península de Kamchatka ainda há esperança de encontrar o dono do cachorro. Se o homem for encontrado, os voluntários locais vão ajudar com os documentos necessários e pagarão todas despesas. A viagem do "Hachiko russo" para Moscou terá um custo cerca de 10 mil rublos.

    O cachorro Hachiko se tornou um símbolo de fidelidade e lealdade no Japão. Por nove anos, Hachiko costumava vir para a estação de trem para aguardar o seu dono já morto. Em 1934 foi erguido um monumento dedicado ao cachorro fiel.

    Mais:

    Leopardo-das-neves no Quirguistão tem coleira GPS
    Zoológico sacrifica leões para salvar suicida
    Tags:
    esperança, amizade, cachorro, Península de Kamchatka, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik