09:10 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    A panda gigante ou urso panda

    Com panda gigante não se brinca

    © AFP 2017/ JUNG YEON-JE
    Sociedade
    URL curta
    0 91981

    O tribunal da província chinesa de Yunnan, no sul da China, condenou nove pessoas à prisão de 1 até 13 anos pelo assassinato de uma panda gigante, informa a agência chinesa Xinhua.

    A decisão foi tomada pelo tribunal do município de Zhaotong. Informa-se que depois do assassinato o animal foi vendido em partes.

    O residente da cidade de Zhaotong Wang Weng Lin foi condenado a 13 anos da prisão por assassino deste animal no fim do 2014. Seu irmão Wang Weng Cai vai passar em cadeia 11 anos, por vender as partes de corpo da panda. Ambos também tinham que pagar a multa de US$ 1,5 mil (R$ 5 mil).

    Mais um homem foi condenado a quatro anos da prisão por vender pedaços do animal morto junto com Wang Weng Cai. As penas exatas de outros condenados não são reveladas.

    Segundo os irmãos Wang, em dezembro de 2014 eles perseguiram o animal que atacou as ovelhas do gado deles. Eles deram com a pista do animal e atiraram nele, mas depois viram que acabavam de matar uma panda gigante.

    A panda gigante ou o urso panda é um mamífero que mora na China Central. Esta espécie é ameaçada de extinção e fica sob a proteção das autoridades chinesas.

    Mais:

    Pescador chinês fica em choque depois de ver animal misterioso na água
    Portugueses querem um presidente patriota na escolha do animal de estimação
    O que se passa? Urso anda em duas patas
    Tags:
    prisão, venda, presos, justiça, assassinato, animal, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik