02:20 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Agentes das forças especiais da polícia belga realizam um raide em busca de suspeitos nos subúrbios de Bruxelas, 16 de novembro de 2015

    Jornalistas russos são atacados em Bruxelas

    © REUTERS / Yves Herman
    Sociedade
    URL curta
    Capital francesa sofre pior atentado da história (68)
    7018

    Um incidente se deu no subúrbio de norte onde morram os emigrantes. A equipe de filmagem do canal televisivo NTV tentou encontrar os parentes e amigos dos terroristas que se fizeram explodir perto do Estádio da França.

    Segundo o jornalista Konstantin Panyushkin, eles iniciaram uma conversa com um grupo dos adolescentes; o mais velho deles tinha, no máximo, vinte anos. Passados alguns minutos da entrevista, um deles se lançou sobre o operador e tentou arrancar a câmera.

    “Dava socos e pancadas, depois toda a multidão nos atacou. Nos batiam, nos derrubaram ao chão, cobriram-nos de golpes. Golpeavam até tomaram o saco com os documentos, dinheiro e computador portátil”, contou Konstantin Panyushkin.

    Alguns dos atacantes já são detidos. 

    Segundo o canal televiso, os jornalistas se recusaram “a ajuda médica e continuaram filmando a reportagem sobre os atentados em Paris.

    Em 14 de novembro o raide antiterrorista na região dos  emigrantes em Bruxelas, Molenbeek, foram detidos três pessoas suspeitas da organização dos atentados na capital francesa. 

    Na sexta-feira passada, a capital francesa sofreu o que foi qualificado de pior atentado terrorista na história do país desde a Segunda Guerra Mundial. Uma dezena de pessoas armadas, supostamente pertencentes ao grupo terrorista Estado Islâmico, proibido na Rússia e em outros países, realizou tiroteios e explosões em vários locais de Paris, matando cerca de 130 pessoas.

    Tema:
    Capital francesa sofre pior atentado da história (68)

    Mais:

    Cachorro vira herói da operação antiterrorista francesa
    França destrói alvos do EI em terceira noite de ataques aéreos
    Polícia francesa mata 2 suspeitos de terrorismo e detém mais 7 nos arredores de Paris
    Tags:
    atentado, jornalista, Molenbeek, Bruxelas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar