03:40 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Quarteto do Diálogo Nacional Tunisiano

    Nobel da Paz vai para organizadores de diálogo na Tunísia

    © AFP 2019 / Fehti Belaid
    Sociedade
    URL curta
    122

    O Comitê Nobel da Paz outorgou o prêmio Nobel da Paz 2015 ao Quarteto de Diálogo Nacional Tunisiano.

    O mérito do Quarteto do Diálogo Nacional Tunisiano, segundo o Comitê Nobel, foi "a sua contribuição decisiva para a construção de uma democracia pluralista".

    O prémio foi entregue por Kaci Kullmann Five, presidente do Comitê Nobel, cuja sede está em Oslo, na Noruega. A presidente deu uma entrevista em norueguês. O vídeo abaixo tem uma tradução simultânea para o inglês.

    A Revolução de Jasmim é o nome atribuído a uma sére de manifestações de 2010-2011 que levaram à saída do então presidente Zine al-Abidine ben Ali.

    O Prêmio Nobel da Paz é tradicionalmente entregue pelo Comitê Nobel na Noruega, e não pela Academia Nobel na Suécia.

    Neste ano, 273 candidatos, entre eles 68 organizações e 205 pessoas, pretendiam concorrer a esta condecoração.

    Comentando a situação de nenhum representante da Rússia ter sido condecorado com um prêmio Nobel neste ano, o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, delarou que a Rússia acompanha o evento e "aplaude que mais participantes russos compitam para o prêmio, para que tenha mais laureados russos".

    Porém, trata-se de "um prêmio tão só", segundo Peskov.

    No entanto, as Nações Unidas também parabenizaram o Quarteto de Diálogo Nacional Tunisiano. O secretário de imprensa da ONU em Genebra, Ahmad Fowzi, disse:

    "Eu felicito o Quarteto. Nós precisamos que a sociedade civil nos ajude a promover o proceso da paz. A Tunísia é um exemplo brilhante disso, sendo o único dos países árabes a conseguir um êxito desde o início das revoluções nessa parte do mundo".

    Tags:
    Prêmio Nobel, Oslo, Tunísia, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar