17:24 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    266
    Nos siga no

    Ex-funcionário da rede de TV CBS disparou contra cinegrafista e apresentadora no estado da Virgínia.

    Uma equipe do canal de TV americano WDBJ estava gravando uma entrevista dedicada aos 50 anos de um lago local, na cidade de Roanoke, no Leste dos EUA, quando tornou-se alvo de um atirador.

    O cinegrafista Adam Ward, de 27 anos, e a apresentadora Alison Parker, de 24 anos, foram mortos no local. O vídeo gravado foi colocado pelo próprio atirador no Twitter.

    Um jornalista do canal NBC postou no seu Twitter uma foto da imagem do atirador, captada pela câmera do cinegrafista, que já estava no chão. O assassino foi identificado posteriormente como Vester Flanagan, ex-funcionário do canal.

    Ao fugir da polícia, Flanagan disparou um tiro contra si mesmo e foi hospitalizado em estado grave. Sua morte foi confirmada pouco depois pelo xerife Bill Overton.

    Segundo o ABC, canal em que Flanagan trabalhou, o homem tinha um caráter complicado. Foi despedido após fortes ataques de raiva, tendo que ser acompanhado por policiais. Segundo várias especulações, o massacre de hoje pode ter sido uma retaliação a colegas de profissão.

    A entrevistada, Vicki Gardner, que é diretora-executiva da câmara de comércio local, levou um tiro nas costas e passou por uma cirurgia, mas não corre risco de morte.

    Tags:
    EUA, tiroteio, jornalista
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar