21:00 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Situação da COVID-19 em meados de abril no mundo (75)
    1160
    Nos siga no

    A vacina Sputnik V também pode proteger efetivamente os animais da COVID-19, disse Aleksandr Gintsburg, diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya.

    "Eu acredito que a Sputnik V também protegerá efetivamente os animais, mas devemos vacinar as pessoas primeiro", disse Gintsburg.

    Ele ressaltou que os animais devem ser vacinados não apenas para sua proteção, mas também para impedir a transmissão de animal para humano.

    Desde meados de março, a vacina Carnivac-Cov, destinada para animais, já estava disponível na Rússia. O país foi o primeiro do mundo a registrar uma vacina contra COVID-19 para animais. Sua produção em massa pode ser lançada em abril.

    Os ensaios clínicos do Carnivac-Cov foram feitos em outubro passado e envolveram cães, gatos, raposas e outros animais.

    De acordo com os últimos resultados dos estudos, todos os animais vacinados desenvolveram anticorpos contra o coronavírus em 100% dos casos, com imunidade por pelo menos seis meses.

    Profissional da saúde segura frasco da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19 em Moscou, na Rússia.
    © REUTERS / Shamil Zhumatov
    Profissional da saúde segura frasco da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19 em Moscou, na Rússia.

    Tema:
    Situação da COVID-19 em meados de abril no mundo (75)

    Mais:

    Governador do Piauí diz que vai ao STF pedir liberação da Sputnik V no Brasil (VÍDEO)
    Lewandowski determina que Anvisa decida até o fim deste mês sobre importação da Sputnik V
    Niterói, no RJ, anuncia vacinação com a Sputnik V
    Tags:
    proteção, vacina, gatos, cachorros, animais, COVID-19, Sputnik V, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar