12:38 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Uma equipe de médicos concluiu com sucesso uma cirurgia cardíaca em um hospital no extremo leste da Rússia, enquanto o mesmo pegava fogo e os bombeiros lutavam para apagar as chamas.

    O incêndio atingiu o centro cardiológico na cidade de Blagoveschensk, na região de Amur, nesta sexta-feira (2), varrendo uma área de 1.600 metros quadrados. Enquanto funcionários e pacientes eram evacuados do prédio de dois andares, uma equipe de oito médicos prosseguia com a realização de uma cirurgia cardíaca.

    Blagoveschensk. A clínica de cirurgia cardíaca está pegando fogo, o incêndio está localizado em uma área de 1.600 metros quadrados, 120 pessoas foram evacuadas.

    "Durante o incêndio, os médicos estavam realizando uma cirurgia. Os bombeiros fizeram o possível para evitar que a fumaça da combustão se propagasse para o centro cirúrgico, e para impedir que as chamas ameaçassem possíveis rotas de fuga", informaram à Sputnik os serviços de emergência locais, que acrescentaram que um cabo elétrico separado foi utilizado para manter a sala de cirurgia funcionando.

    Blagoveschensk. Oito médicos permaneceram durante o incêndio no centro cardíaco para concluir a operação. Quando o incêndio foi declarado, o peito do paciente já tinha sido aberto. A operação de revascularização do miocárdio foi concluída com sucesso.

    Após a operação, o paciente foi evacuado com sucesso para outro hospital, segundo os serviços de emergência.

    "Tínhamos que salvar esse paciente e fizemos o possível", disse Valentin Filatov, chefe da unidade de cirurgia cardiovascular do hospital, em entrevista à emissora de televisão estatal Rossiya 24.

    Pouco depois, o incêndio, que provavelmente foi provocado por um problema elétrico, foi controlado e não há registro de vítimas.

    Blagoveschensk. A equipe que realizou a cirurgia cardíaca durante o incêndio no hospital. 

    As autoridades locais, por sua vez, prometeram recompensar os médicos que prosseguiram com a operação e os bombeiros que controlaram as chamas.

    Mais:

    Incêndio em hospital na cidade russa de São Petersburgo deixa ao menos 5 mortos
    Número de pessoas que morreram depois do incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso sobe para 8
    Paciente com COVID-19 morre ao ser transferida de hospital no Rio após incêndio
    Tags:
    cirurgia, Amur, hospital, incêndio, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar