19:46 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1154
    Nos siga no

    O magnata norte-americano Elon Musk convidou o presidente russo, Vladimir Putin, para uma conversa na nova rede social de bate-papo por áudio, Clubhouse – e nesta segunda-feira (15), o Kremlin avaliou a proposta como "interessante".

    A declaração veio através do porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, que disse que é necessário primeiro avaliar a proposta.

    "Primeiro queremos entender o assunto. Vocês sabem que o presidente Putin não usa as redes sociais, ele não as administra. Portanto, no geral, esta é certamente uma proposição muito interessante, mas precisamos entender de alguma forma o que está sendo oferecido. Então primeiro de alguma forma verificaremos tudo isso, e depois responderemos", disse Peskov a repórteres.

    No último sábado (13), Elon Musk convidou Putin para uma conversa no Clubhouse marcando a conta do Kremlin no Twitter.

    ​Kremlin, gostaria de se juntar a mim para uma conversa no Clubhouse?
    Seria uma grande honra falar com você.

    No início de janeiro, Musk se tornou a pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio de mais de US$ 185 bilhões (R$ 1 trilhão). Recentemente, o empresário debateu com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan a possibilidade de cooperação espacial com a Turquia por meio de sua empresa de satélites e foguetes, a SpaceX.

    Fundador das empresas SpaceX e Tesla, Elon Musk
    © AP Photo / Ringo H.W. Chiu
    Fundador das empresas SpaceX e Tesla, Elon Musk

    Além da Space X, Musk dirige também a montadora Tesla, que fabrica carros elétricos e autônomos, e a Neuralink, uma empresa que está desenvolvendo interfaces com o objetivo de conectar o cérebro humano a computadores.

    O Clubhouse, lançado em 2020, possui "salas" e "clubes" de interesse, onde você pode falar apenas por voz e em tempo real. Para acessar a rede social é necessário um convite de usuário.

    Mais:

    Presidente argentino agradece a Putin pelo fornecimento da vacina Sputnik V ao país
    Putin não exclui bloquear serviços estrangeiros de Internet em caso de hostilidade contra a Rússia
    Putin: 'Forças contrárias' aproveitam descontentamento social para promover protestos
    'Boa chance de você morrer': Elon Musk promove missão a Marte, mas alerta para perigos
    Elon Musk: é 'bem provável' que os primeiros humanos aterrissem em Marte dentro de 6 anos
    Tags:
    Kremlin, relações exteriores, rede social, Dmitry Peskov, Vladimir Putin, Rússia, Elon Musk
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar