23:17 19 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    251
    Nos siga no

    O único lançamento espacial em 2020 do foguete Soyuz-2 com 36 satélites OneWeb do Reino Unido, a partir do cosmódromo de Vostochny, foi adiado de 17 para 18 de dezembro.

    O adiamento aconteceu por motivos não relacionados ao equipamento, segundo duas fontes ligadas à indústria espacial disseram à Sputnik.

    "O lançamento foi adiado para 18 [de dezembro]", disse uma fonte e confirmada por outra.
    Lançamento do foguete portador Soyuz-2.1a com a espaçonave tripulada Soyuz MS-16 levando a tripulação EEI-63 no Centro de Lançamentos de Baikonur
    © Sputnik / Yuzhny SC / Roscosmos
    Lançamento do foguete portador Soyuz-2.1a com a espaçonave tripulada Soyuz MS-16 levando a tripulação EEI-63 no Centro de Lançamentos de Baikonur

    Segundo elas, o adiamento do lançamento por um dia não está relacionado a problemas técnicos. No entanto, o verdadeiro motivo não foi mencionado.

    No dia 1º de dezembro, o lançamento de um foguete Soyuz com o satélite de vigilância Falcon Eye-2 dos Emirados Árabes Unidos foi cancelado em meio a más condições climáticas, mas acabou decolando no dia seguinte com sucesso do centro espacial Kourou, na Guiana Francesa.

    Mais:

    Empresa russa anuncia voo para Marte e criação de 'Cosmódromo orbital'
    Rússia termina voos de teste de versões melhoradas do foguete Soyuz-2
    Segundo complexo de lançamento para Soyuz-2 estará pronto em 2018
    Tags:
    foguete, cosmódromo, lançamento, satélite, espaço, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar