03:05 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio

    Não há nenhum desinteresse do Brasil em relação à Rússia, diz Putin ao final do BRICS

    © REUTERS / Adriano Machado
    Rússia
    URL curta
    11ª Cúpula do BRICS no Brasil (20)
    10473
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, concedeu uma entrevista coletiva a jornalistas nesta quarta-feira (14) ao final da 11ª Cúpula do BRICS, em Brasília.

    Ao ser perguntado sobre a relação entre Rússia e Brasil e o relacionamento com o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, Putin disse que não há um afastamento entre os dois países.

    "Nós não estamos testemunhando nenhuma queda do interesse do Brasil em relação à Rússia e vice-versa. O Brasil tem um presidente que está trabalhando há apenas um ano. Sempre leva um tempo até que as coisas se ajustem", disse Putin.

    O presidente russo também respondeu sobre a proximidade do presidente Jair Bolsonaro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

    "Nós nunca tivemos no BRICS uma regra de só trabalhar entre nós, não somos uma organização fechada", afirmou Putin.

    Putin também foi perguntado sobre a situação política na Bolívia. Segundo o presidente russo, a Bolívia vive uma situação de "caos".

    "Não há poder na Bolívia. Isso me lembra a Líbia. Não há intervenção direta de fora, mas o país está à beira do caos", afirmou.

    Putin também indicou que a Rússia espera manter a cooperação com a Bolívia.

    "De nossa parte, estamos dispostos a cooperar com as autoridades que receberão um mandato legítimo do povo deste país", acrescentou Putin. "Esperamos que quem chegue ao poder na Bolívia continue interessado em desenvolver relações com a Rússia", completou o presidente russo.

    Tema:
    11ª Cúpula do BRICS no Brasil (20)

    Mais:

    Como crise da Bolívia pode elevar instabilidade latino-americana e afetar o Brasil?
    Putin e Bolsonaro vão discutir na cúpula do BRICS situação na região, inclusive eventos na Bolívia
    Putin diz que países do BRICS devem revitalizar laços econômicos
    Combate ao terrorismo deve ser uma das prioridades do BRICS, dizem líderes dos países
    Putin defende que BRICS usem mais rublos em transações financeiras entre países do bloco
    Bolsonaro fala em 'desequilíbrio' que prejudica o Brasil no Banco do BRICS
    Tags:
    Bolívia, Brasil, Rússia, BRICS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar