05:17 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Boeing 777 no aeroporto de Sheremetyevo.

    Jornalista russa que estava presa no Irã é libertada e embarca para Moscou

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Rússia
    URL curta
    1170
    Nos siga no

    A jornalista russa Yulia Yuzik que estava presa no Irã desde 2 de outubro foi libertada e embarcou para Moscou nesta quarta-feira (9).

    De acordo com a embaixada da Rússia em Teerã, citando parentes de Yuzik, a detenção estava relacionada com acusações de espionagem.

    Enquanto isso, o porta-voz do governo iraniano disse na segunda-feira que a detenção da jornalista russa não estava relacionada com espionagem, acrescentando que a jornalista teve problemas com seu visto.

    "Como resultado de esforços conjuntos do Ministério das Relações Exteriores da Rússia e da embaixada russa em Teerã, o Irã decidiu libertar a cidadã russa Yulia Yuzik. No início de 10 de outubro, ela partiu do Irã para Moscou em um voo da Aeroflot", escreveu a embaixada em Telegrama.

    Anteriormente, a representação diplomática russa havia informado que Yuzik havia chegado a Teerã em 29 de setembro com um convite particular, e seu passaporte havia sido apreendido no aeroporto por razões desconhecidas. Posteriormente, ela foi presa em 2 de outubro em um hotel.

    Mais:

    Rússia, Turquia e Irã acusam Israel de desestabilizar região com ataques
    Rússia, Turquia e Irã garantem independência do Comitê Constitucional da Síria
    Jornalista russa detida no Irã será libertada em breve, diz chancelaria iraniana
    Tags:
    espionagem, jornalista, Irã, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar