11:19 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov durante coletiva de imprensa do presidente da Rússia, Vladimir Putin e do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, após um encontro em Tóquio em 16 de dezembro de 2016.

    Kremlin: ataque a Saudi Aramco é 'alarmante para o mercado de petróleo'

    © Sputnik / Sergey Guneev
    Rússia
    URL curta
    4151
    Nos siga no

    Neste domingo (15), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, falou à imprensa sobre o recente ataque contra a instalações de petróleo na Arábia Saudita.

    Peskov classificou o incidente como alarmante e disse que o ataque não ajuda a estabilizar o mercado de energia. Além disso, o porta-voz comentou que presidente da Rússia, Vladimir Putin, está ciente sobre o ocorrido.

    "O ataque de drones à infraestrutura de petróleo na Arábia Saudita é um evento alarmante para o mercado de petróleo [...]. É claro que qualquer turbulência não ajuda a estabilizar o mercado de energia [...]. O presidente [Vladimir Putin] está ciente desse incidente", disse Peskov ao jornal russo Vedomosti.

    Peskov também afirmou que a Arábia Saudita não procurou ajuda da Rússia após o ataque, acrescentou.

    "Não se sabe se eles precisam de ajuda. É improvável. Eles próprios têm todas as capacidades necessárias", disse Peskov.

    O ataque com drones causou incêndios maciços em duas instalações de petróleo da petrolífera Saudi Aramco no sábado (14). Os incêndios, em particular, atingiram a refinaria de Abqaiq, na província oriental, e uma instalação de processamento de petróleo perto do campo de petróleo de Khurais, localizada a cerca de 160 quilômetros a leste de Riade.

    O movimento rebelde houthi iemenita assumiu a responsabilidade pelos ataques, enquanto o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, acusou o Irã pelo incidente. Teerã refutou as alegações dos EUA.

    Mais:

    Arábia Saudita condena fala de Netanyahu sobre anexar Cisjordânia
    Ataque de drone provoca incêndio em instalações petrolíferas na Arábia Saudita (FOTO, VÍDEO)
    Trump liga para príncipe saudita após ataque de drone em refinarias
    EUA dizem estar 'prontos' para usar reservas de petróleo após ataque em refinarias sauditas
    Tags:
    Riade, Houthis, Saudi Aramco, Rússia, Vladimir Putin, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar