02:46 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    A catedral de São Basílio na Praça Vermelha em Moscou

    Moscou diz esperar que Corte Internacional de Justiça não acolha 'acusações forjadas' da Ucrânia

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Rússia
    URL curta
    0 20

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse no sábado que o lado russo espera que a Corte Internacional de Justiça (CIJ) descarte as acusações "forjadas" de Kiev no processo da Ucrânia contra a Rússia.

    "O lado russo espera que a Corte Internacional de Justiça preste a devida atenção aos argumentos de que não tem jurisdição para considerar acusações forçadas, e vai descarte-os antes de considerar os méritos", disse o ministério em um comunicado.

    De 3 a 7 de junho, a CIJ ouviu o caso da Ucrânia contra a Federação Russa que foi iniciado por Kiev em janeiro de 2017 com base na Convenção Internacional para a Supressão do Financiamento do Terrorismo de 1999 e na Convenção Internacional sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial em 1965.

    Na semana passada, o Departamento de Informação e Imprensa do Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que a Ucrânia estava tentando usar a CIJ para seus propósitos políticos iniciando um processo contra Moscou e apelando de má fé a convenções internacionais que não são aplicáveis ​​à reunificação da Crimeia com a Rússia e a guerra civil instigada por Kiev em Donbass.

    Mais:

    General ucraniano: EUA aconselham Kiev a desencadear 'revolução' em Donbass
    Rússia constrói muro com videovigilância na fronteira entre Crimeia e Ucrânia
    Presidente eleito da Ucrânia propõe discutir novas condições de coexistência com Rússia
    Tags:
    Kiev, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Donbass, Ucrânia, Rússia, Corte Internacional de Justiça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar