19:54 25 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Presidente russo Vladimir Putin e o líder norte-coreano Kim Jong-un apertam as mãos durante cúpula na Universidade Federal do Extremo Oriente, em Vladivostok, Rússia, 25 de abril de 2019

    Kim Jong-un deseja que conversações com Putin prossigam de forma frutuosa e construtiva

    © REUTERS / Sergei Ilnitsky
    Rússia
    URL curta
    1120

    O líder norte-coreano Kim Jong-un agradeceu o presidente russo Vladimir Putin por um diálogo substancial sobre questões de interesse mútuo e manifestou a esperança de que as negociações prossigam de forma igualmente construtiva e útil.

    "Senhor Presidente, acabamos de ter uma troca de pontos de vista muito substancial sobre as questões de interesse mútuo e questões urgentes. Gostaria de lhe agradecer o tempo que passei com grande prazer. Espero que as nossas negociações prossigam de forma igualmente útil e construtiva", afirmou Kim, nesta quinta-feira (25), durante cimeira realizada na cidade russa de Vladivostok.

    Nesta quinta-feira (25), os dois presidentes se reuniram, pela primeira vez, na cidade russa de Vladivostok para dar início à cúpula, que será realizada na Universidade Federal do Extremo Oriente, localizada na ilha de Russki.

    No início das negociações com Putin, Kim agradeceu o líder russo por encontrar tempo para a reunião e expressou "calorosas saudações em nome do governo e do povo [da Coreia do Norte]".

    "Estou muito feliz em me encontrar com você, Sr. Presidente [Vladimir Putin], e com os amigos russos."

    "Vim à Rússia para trocar opiniões sobre a situação atual na península da Coreia, que é agora uma das questões mais urgentes da agenda internacional, para discutir formas de resolução pacífica desta questão e também para trocar opiniões sobre o desenvolvimento das nossas relações bilaterais em conformidade com as exigências do novo século", acrescentou o líder norte-coreano.

    Putin já declarou que agradece os esforços de Kim para garantir a paz na península coreana e afirmou estar confiante que a cúpula irá fortalecer os laços entre os países.

    De acordo com o assessor do Kremlin Yuri Ushakov, após o encontro em privado de cerca de uma hora entre os dois líderes, os membros das respectivas delegações se juntarão à reunião.

    Mais:

    Confira FOTOS e VÍDEO da 1ª vez em que Kim Jong-un pisa em solo russo
    Trem blindado levando Kim Jong-un chega à Rússia
    Putin deve discutir retomada da negociação nuclear multilateral com Kim Jong-un
    Putin considera construtivo encontro pessoal com Kim Jong-un
    Tags:
    cúpula, Kim Jong-un, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar