11:24 19 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Encontro entre o então líder norte-coreano Kim Jong-il (pai e antecessor de Kim Jong-un) e o presidente russo Vladimir Putin, em 23 de agosto de 2002

    EUA veem Rússia como 'parte vital' para a desnuclearização da Coreia do Norte

    © AP Photo / Alexander Zemlianichenko
    Rússia
    URL curta
    241
    Nos siga no

    O vice-ministro russo de Relações Exteriores, Igor Morgulov, disse a repórteres que o enviado especial estadunidense para a Coreia do Norte, Stephen Biegun, confirmou durante conversas em Washington que os EUA veem a Rússia como indispensável no processo de desnuclearização da península coreana.

    "Hoje, Biegun confirmou no final de nossa conversa que os Estados Unidos valorizam muito o papel da Rússia e nos veem como uma parte vital do processo de desnuclearização da Península Coreana", afirmou Morgulov nesta sexta-feira.

    Além disso, diplomatas russos transmitiram à autoridades norte-americanas que a ONU precisa desempenhar um papel maior na resolução da crise nuclear na região, de acordo com Morgulov.

    "Também chamamos a atenção deles para a necessidade de aumentar o papel da ONU no trabalho na península coreana", comentou Morgulov, depois de conversar com Biegun.

    Morgulov também revelou que disse às autoridades americanas que a resolução da crise da Coreia do Norte exige um esforço coletivo que inclua Rússia, China, Coreia do Sul e Japão.

    Por fim, Morgulov ressaltou que o diálogo EUA-Rússia sobre a Coreia do Norte pode melhorar as relações entre Washington e Moscou.

    "Acho que o diálogo que temos sobre a Coreia do Norte pode ter um efeito positivo e contribuir para melhorar a atmosfera geral e o estado geral das relações Rússia-EUA", concluiu Morgulov.

    Mais:

    Relatos: Coreia do Norte tem mísseis balísticos em base militar não declarada
    Trump diz que alcançou 'grandes progressos' nas negociações com Coreia do Norte
    EUA e Coreia do Norte têm primeira reunião 'produtiva'
    Tags:
    diplomacia, segurança, defesa, relações bilaterais, armas nucleares, desnuclearização, ONU, Stephen Biegun, Igor Morgulov, península coreana, Estados Unidos, Coreia do Norte, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar