15:05 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    209
    Nos siga no

    Um avião da companhia aérea russa Aeroflot que estava fazendo um voo Surgut-Moscou mudou sua rota por exigências de um passageiro armado a bordo. O agressor continua a bordo da aeronave.

    Segundo informou o Comitê Nacional Antiterrorista russo, o homem que tentou desviar o avião da Aeroflot continua a bordo da aeronave.

    De acordo com o canal Ren TV, um dos passageiros a bordo da aeronave está armado e exigiu que os pilotos mudassem de rota.

    ​O sistema on-line de voos da empresa russa confirma que o voo SU1515, que mudou de rota, aterrissou no aeroporto da cidade russa de Khanty-Mansiysk, às 16h23 (horário local).

    Uma das testemunhas a bordo revelou alguns detalhes sobre o passageiro que provocou o incidente: "O passageiro, considerado culpado pela situação de emergência, chama-se Pavel, tem 41 anos de idade".

    Entretanto, uma fonte na aviação civil russa relatou que o homem que causou toda essa situação estava embriagado.

    Atualmente, o acesso ao aeroporto de Khanty-Mansiysk para passageiros e jornalistas está restringido. Unidades da polícia estão controlando as vias de entrada no aeroporto. Não há informações sobre a evacuação de pessoas que já se encontravam no edifício do aeroporto.

    O voo SU1515 da companhia aérea russa Aeroflot levantou voo da cidade de Surgut às 13 h (horário local) e deveria aterrissar no Aeroporto Internacional de Sheremetevo, Moscou, às 19h30 (horário local), mas alterou sua rota por causa de uma situação de emergência a bordo. A bordo do Boeing 737 da empresa russa Aeroflot havia 69 passageiros e sete tripulantes.

    Mais:

    Avião de transporte da Força Aérea indiana pousa próximo da fronteira chinesa (FOTOS)
    Piloto falha 2 aterrissagens de avião devido a vento forte (VÍDEO)
    Tags:
    homem armado, situação de emergência, avião, Aeroflot, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar