08:25 22 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    O chanceler federal austríaco Sebastian Kurz aguarda o presidente russo no aeroporto de Graz, Áustria

    Suspeito de suposta espionagem para a Rússia pode enfrentar até 10 anos de prisão

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Rússia
    URL curta
    504

    Na sexta, o chanceler Sebastian Kurz disse que um ex-coronel austríaco é suspeito de ter feito espionagem para a Rússia por 20 anos. Agora a promotoria de Salzburgo iniciou investigação sobre o caso, embora seja difícil estimar quanto tempo isso levará, de acordo com o porta-voz Robert Holzleitner.

    As informações iniciais dão conta de que o suspeito teria recebido €300 mil de seus supostos empregadores na Rússia.

    A Embaixada da Áustria na Rússia se recusou a comentar. Os encarregados de negócios temporários da Rússia na Áustria foram convocados ao Ministério das Relações Exteriores austríaco. O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Lavrov, criticou Viena por usar a "diplomacia do megafone" em vez dos métodos diplomáticos tradicionais.

    Sergei Lavrov, por sua vez, disse que ficou "desagradavelmente surpreso" com a notícia. O SVR, o serviço de inteligência estrangeira da Rússia, se recusou a comentar as acusações do chanceler austríaco.

    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores da Áustria, Serviço de Inteligência Estrangeiro da Rússia (SVR), Robert Holzleitner, Sebastian Kurtz, Sergei Lavrov, salzburgo, Áustria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik