05:11 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Conselho de Segurança da ONU

    Rússia: EUA controlaram Conselho de Segurança da ONU com sanções contra Coreia do Norte

    © AP Photo / Frank Franklin II
    Rússia
    URL curta
    7100

    Moscou lamenta que os Estados Unidos tenham intensificado os esforços para colocar o Conselho de Segurança da ONU e seu comitê para a Coreia do Norte sob controle ao tratar da questão das sanções contra Pyongyang. A informação é do Ministério das Relações Exteriores da Rússia nesta quarta-feira (19).

    Na última segunda-feira (19), a embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, acusou a Rússia de violações "consistentes" da resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre sanções contra Pyongyang, que envolvem restrições ao fornecimento de combustível à Coreia do Norte e à contratação de trabalhadores norte-coreanos.

    "É profundamente lamentável que durante a presidência no Conselho de Segurança da ONU em setembro, os americanos intensificaram suas tentativas de colocar sob seu controle tanto o próprio Conselho quanto seus órgãos auxiliares, incluindo o Comitê 1718", disse a chancelaria russa em seu comunicado.

    As acusações norte-americanas também levaram o embaixador da Rússia na Coreia do Norte, Aleksandr Matsegora, a chamá-las de "injustas", destacando que os ataques não foram baseados em fatos, mas de especulações e suposições infundadas.

    O diplomata também observou que a Rússia "cumpria de maneira muito responsável e consistente os requisitos das resoluções do Conselho de Segurança da ONU".

    O embaixador enfatizou que essa foi a razão pela qual o comércio bilateral entre a Rússia e a Coreia do Norte caiu mais de 70% desde o início do ano.

    Mais:

    EUA acusam Rússia de violar sanções contra Coreia do Norte
    EUA incluem empresas da Rússia e da China em novas sanções contra Coreia do Norte
    EUA impõem novas sanções contra Coreia do Norte
    Moscou: novas sanções dos EUA contradizem atenuação de tensões em torno da Coreia do Norte
    Tags:
    sanções, Conselho de Segurança da ONU, Coreia do Norte, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik