19:07 25 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, durante uma coletiva de imprensa em Yalta em 15 de setembro de 2017

    Chancelaria russa comenta novo orçamento militar estadunidense

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Rússia
    URL curta
    6141

    Para o Ministério das Relações Exteriores da Rússia, o recém-adotado orçamento militar dos EUA "estabelece uma orientação de domínio mundial" de Washington e exerce uma influência "destruidora no sistema de segurança global".

    As declarações foram feitas pela representante oficial da chancelaria russa, Maria Zakharova, durante seu briefing semanal.

    "A lei sobre as despesas excepcionais com a defesa nacional para o ano de 2019, assinada pelo presidente dos EUA em 13 de agosto, basicamente fixa a política de aumentar o papel dominante de Washington no palco internacional através do uso da força", explicou.

    Além disso, Zakharova afirmou que o documento tem um "caráter antirrusso" e faz com que as relações russo-americanas fiquem em um impasse.

    "Na prática, essa lei que, importa ressaltar, recebeu o nome do incansável russófobo [John] McCain, prolonga o embargo à cooperação militar com a Rússia em uma situação em que os desafios e ameaças se agudizam", disse.

    Ao mesmo tempo, a diplomata destacou o crescimento das despesas destinadas ao chamado "Programa Europeu de Contenção", que prevê o aumento da presença militar dos EUA na Europa e resistência à chamada "agressão russa".

    "No documento há também outras cláusulas de caráter abertamente antirrusso", adiantou.

    Para "garantir sua segurança", Moscou vai tomar todas as medidas possíveis, tanto diplomáticas como militares, acrescentou Zakharova.

    Nesta segunda-feira (13), Donald Trump assinou o orçamento militar dos EUA para o ano de 2019, sendo que este restringe várias atividades no âmbito do Tratado de Céus Abertos. O vice-chefe da chancelaria russa, Sergei Ryabkov, chamou isso de "caminho para a intoxicação ulterior das relações internacionais através de abordagens unilaterais".

    Mais:

    Chancelaria da Rússia chama OTAN de 'inútil'
    Chancelaria russa exige que Kiev liberte jornalista Vyshinsky e retire acusações
    Investigação sobre MH17 na Ucrânia é tendenciosa, diz chancelaria russa
    Tags:
    orçamento militar, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Donald Trump, Maria Zakharova, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar