21:21 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Estudante Maria Butina fala durante a FreedomFest 2015 em Las Vegas, Nevada, EUA.

    Estudante russa acusada de espionagem não vai se declarar culpada, avisa equipe de defesa

    © REUTERS / FreedomFest/Arquivo
    Rússia
    URL curta
    100

    O advogado da russa Maria Butina, Robert Driscoll, disse à Sputnik que a liberação de transcrições do depoimento do seu cliente no Senado será útil.

    Mais cedo na quarta-feira, o comitê de inteligência do Senado dos EUA disse que fornecerá o testemunho de Butina ao Departamento de Justiça e ao advogado dela.

    "Eu pedi e concordo… as transcrições vão ajudá-la", disse Driscoll. "Ela depôs com sinceridade. Eles [os registros do depoimentos] não serão públicos, pelo menos inicialmente".

    Driscoll também questionou a imprensa norte-americana que alegou transações suspeitas feitas de e para contas de Butina e seu sócio norte-americano Paul Erickson, totalizando US $ 300.000. O advogado disse que havia uma explicação para todos elas.

    Maria Butina, de 29 anos, é uma recém-formada estudante que foi presa em Washington DC em 15 de julho sob a acusação de conspiração e atuação como agente de um governo estrangeiro nos Estados Unidos.

    Tags:
    Departamento de Justiça dos EUA, Senado dos EUA, Robert Driscoll, Maria Butina, Washington, DC
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik