21:05 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Turistas e logo da União Europeia em Bruxelas, Bélgica

    UE amplia sanções econômicas contra a Rússia até 31 de janeiro de 2019

    © Sputnik / Alexey Vitvitsky
    Rússia
    URL curta
    6314

    As sanções da União Europeia contra Moscou incluem três medidas independentes: restrições de visto contra cidadãos russos, sanções do setor econômico contra empresas russas e medidas restritivas contra a Crimeia.

    A declaração oficial do bloco anunciou que as sanções serão aplicadas até 31 de janeiro de 2019.

    Abordando a questão, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse que os líderes da UE perderam a chance de mudar suas relações com Moscou.

    "Estamos considerando a decisão política tomada pelos chefes de Estado e governos da UE de prolongar as sanções unilaterais contra nosso país na área econômica e financeira como mais uma oportunidade perdida de repensar construtivamente a política externa da UE para a Rússia", disse Zakharova em uma entrevista coletiva.

    Ela acrescentou que Moscou lamenta que os membros da UE continuem a vincular as relações entre o bloco e a Rússia ao estado dos acordos de Minsk sobre a colonização ucraniana, uma vez que é Kiev que está minando a paz no leste do país.

    Tags:
    sanções, União Europeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik