10:07 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Usina nuclear flutuante russa Akademik Lomonosov

    Rússia termina desenvolvimento do projeto mais importante para o Ártico (FOTOS, VÍDEO)

    © Sputnik / Alexander Galperin
    Rússia
    URL curta
    11351

    A primeira usina nuclear flutuante do mundo, batizada de Akademik Lomonosov, realizou sua primeira viagem para contribuir com o desenvolvimento do Norte e do Extremo Oriente da Rússia.

    A usina flutuante Akademik Lomonosov partiu de São Petersburgo em direção a Murmansk para carregar combustível nuclear e ligar seu reator.  

    Ela percorrerá uma rota marítima junto às costas da Escandinávia, Estônia, Finlândia, Suécia, Dinamarca e Noruega. 

    A segunda parte da rota deve começar em 2019, quando a usina for finalmente transportada para o porto de Pevek, em Chukotka, cidade mais setentrional do país, no oceano Ártico.  

    Em Pevek se encontra a única usina nuclear do mundo localizada na zona de pergelissolo. No entanto, já é obsoleta. Esta região russa é um dos maiores centros de mineração de ouro e é de difícil de acesso. 

    Usina nuclear flutuante russa Akademik Lomonosov
    © Sputnik / Alexander Galperin
    Usina nuclear flutuante russa Akademik Lomonosov

    O navio, que foi batizado em homenagem ao famoso cientista russo do século XVIII, Mikhail Lomonosov, tem dois reatores de 35 megawatts cada. 

    Segundo estimativas da Rosenergoatom, a partir de 2020, a usina Akademik Lomonosov, ou Plavushka (flutuante, em russo), nome pelo qual é conhecida na empresa, começará a fornecer energia elétrica e térmica para os habitantes de Chukotka. O navio é capaz de fornecer esses serviços para uma cidade com uma população de mais de 200 mil pessoas. Para comparar, a chamada capital do Extremo Norte russo, Murmansk, tem cerca de 300 mil habitantes. 

    Mais de 20 países, inclusive o Brasil e Cabo Verde, já demonstraram seu interesse no navio Plavushka.

    Mais:

    Rússia vai lançar primeira usina nuclear flutuante com perspectiva de exportação
    Acidente é relatado em usina nuclear na Romênia
    Exército sírio repele ataque da Frente al-Nusra e salva usina termoelétrica
    Tags:
    energia elétrica, usina nuclear, Murmansk, Chukotka, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik