09:53 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Embaixador de Portugal Paulo Vizeu Pinheiro ao lado do presidente russo Vladimir Putin durante cerimônia de entrega decredenciais diplomáticas.

    Chamado para consultas, embaixador português retorna a Moscou nesta semana

    © Foto: Kremlin
    Rússia
    URL curta
    858

    Chamado a Lisboa para consultas após o envenenamento do ex-espião Sergei Skripal, o embaixador português Paulo Vizeu Pinheiro deve voltar a Moscou ainda nesta semana, informou o Ministério das Relações Exteriores de Portugal.

    "Entendemos que já há condições para o regresso do nosso embaixador a Moscou e isso far-se-á tão cedo quanto possível, agora é uma questão meramente prática", disse o ministro das Relações Exteriores, Augusto Santos Silva antes de uma reunião de chefes de diplomacia da União Europeia, conforme citado pelo Expresso.

    "Nós tomámos uma medida, como aliás vários outros Estados-membros. Aliás, tomámos a mesma medida que tomou a UE como tal: chamar para consultas o nosso embaixador em Moscou. Essa medida tem dois objetivos essenciais: em primeiro lugar, tomar uma reação face a atos que consideramos hostis, e em segundo lugar analisar com o nosso próprio embaixador as condições em que se deve agora desenvolver o relacionamento político diplomático a esse nível entre Portugal e a Rússia", sublinhou o ministro.

    Portugal chamou Vizeu Pinheiro para consultas no dia 27 de março. No jargão diplomático, a medida é vista como sinal de discordância com a política de um Estado. Na ocasião, o embaixador deve informar ao seu governo as questões referentes à nação onde ocupa o posto e acatar orientações sobre como as relações devem se desenvolver a partir da ruptura.

    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores de Portugal, Embaixada de Portugal na Rússia, União Europeia, Augusto Santos Silva, Portugal, Lisboa, Rússia, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik