13:50 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Armas químicas

    Rússia espera que EUA consigam destruir suprimentos de armas químicas até 2023

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Rússia
    URL curta
    270

    O vice-ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Georgy Kalamanov, declarou que Moscou espera que os EUA consigam destruir suas armas químicas no prazo anunciado.

    "É claro que estamos ansiosos por 2023 e pela conclusão da destruição dos estoques de armas químicas dos EUA em dois locais, e espero que nossos colegas nos EUA lidem com a tarefa", disse Kalamanov em uma entrevista após uma reunião especial da OPAQ.

    Ele observou que os arsenais de armas químicas dos EUA são menores que os da Rússia. "Esperamos que os colegas sejam capazes de lidar com essa tarefa pelo menos nos prazos que anunciaram", disse o funcionário.

    O presidente russo, Vladimir Putin, disse anteriormente que os Estados Unidos não cumprem suas obrigações de eliminar armas químicas e continuam sendo os únicos e mais poderosos proprietários desse tipo de armas de destruição em massa. 

    Além disso, Kalamanov lembrou que os Estados Unidos mudaram o prazo para a liquidação de suas armas químicas de 2007 para 2023.

    Mais:

    EUA dizem ser 'improvável' o uso de armas químicas pela Turquia
    Rússia: EUA não quer investigar o uso de armas químicas na Síria
    Rússia diz que acusações dos EUA contra Síria sobre uso de armas químicas são infundadas
    Moscou: EUA deturpam posição da Rússia sobre o uso de armas químicas na Síria
    Tags:
    armas químicas, destruição, OPAQ, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik