00:38 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Agentes do Ministério para Situações de Emergência perto do supermercado em São Petersburgo que foi atingido por explosão, 27 de dezembro de 2017

    Daesh reivindica autoria por ataque terrorista de São Petersburgo

    © Sputnik / Aleksandr Galperin
    Rússia
    URL curta
    517

    O Daesh (autodenominado Estado Islâmico, grupo terrorista proibido na Rússia) divulgou nesta sexta-feira ser responsável pela explosão desta semana em um supermercado na cidade russa de São Petersburgo. A informação foi repassada por um site de monitoramento de atividades islâmicas.

    O portal SITE Intelligence Group, especializado em monitoramento de redes terroristas, disse que o bombardeio foi realizado por uma célula do Daesh. O dado ainda não foi confirmado por autoridades russas, que seguem investigando o ataque responsável por deixar 10 pessoas hospitalizadas.

    Anteriormente, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, já havia declarado que a explosão, ocorrida dentro de um armário de armazenamento em uma loja de Perekrestok, foi um ataque terrorista. A conclusão se deu depois que peritos em artefatos explosivos analisaram os componentes do dispositivo plantado no local.

    A explosão foi causada por um "dispositivo explosivo caseiro com o poder equivalente a 200 gramas de TNT preenchidos com fragmentos letais, conforme declaração da chefe do Comitê de Investigação, Svetlana Petrenko citada pela agência de notícias AFP.

    Tags:
    SITE Intelligence Group, AFP, Daesh, Estado Islâmico, Svetlana Petrenko, Dmitry Peskov, Perekrestok, São Petersburgo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik