11:08 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Um dos troféus dos vikings que decora o parque temático localizado no povoado de Perevalny, na Crimeia

    Não dá para acreditar, mas na Crimeia tem um povoado viking (FOTOS, VÍDEO)

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Rússia
    URL curta
    Por
    2161
    Nos siga no

    Eupatória, Yalta, Alushta – estas são apenas algumas localidades incríveis que um turista pode encontrar na península da Crimeia. A maioria delas, claro, se associa com praia e sol. Porém, por mais incrível que pareça, os visitantes desta região russa também podem se encontrar em um lugar mais fresquinho – um povoado de vikings escandinavos.

    Quando você chega à entrada deste local sensacional, o parque cinematográfico Viking, nem dá para acreditar que tudo isso é apenas uma instalação cénica. Ademais, as ilhotas formadas pela neve, que cai em regiões montanhosas crimeanas já em novembro, contribuem para o espírito de autenticidade.

    Portão principal do parque temático Viking, na Crimeia, visto por dentro
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Portão principal do parque temático Viking, na Crimeia, visto por dentro

    Mas de onde vem essa ideia, à primeira vista bem louca? A coisa é que no ano passado Konstantin Ernst, diretor-geral da maior emissora televisiva russa, Pervy Kanal ("Primeiro canal" em russo), virou produtor de um dos mais custosos projetos de cinema russos — o filme "Viking", que conta episódios da história pré-cristã russa, quando o país era governado pela dinastia dos Rurikovitch, considerada por muitos historiadores como escandinava.

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Parque Viking na Crimeia

    Após a estreia do filme, uma parte significativa dos cenários foi transportada para o povoado de Perevalny, perto da cidade de Simferopol, no sopé da cadeia montanhosa de Chatyr-Dag. Assim, se criou o protótipo de um verdadeiro "borg", ou seja, aldeia medieval dos vikings. A Sputnik Brasil conseguiu viajar para este lugar fantástico e te conta como foi.

    Vista panorâmica do parque Viking, na Crimeia
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Vista panorâmica do parque Viking, na Crimeia

    A coisa mais fascinante é que os visitantes do parque não só têm uma oportunidade de evidenciar de perto como é que este povo guerreiro escandinavo vivia na Idade Média, mas também a de virar um participante desta "performance" — assim, no local se pode praticar tiro com arco, se testar na luta de espadas, disparar uma catapulta ou até criar um pote de argila, tudo isso em um ambiente genuinamente histórico.

    • Moradores do parque Viking saúdam os visitantes antes de efetuar uma excursão pelo povoado do povo escandinavo
      "Moradores" do parque Viking saúdam os visitantes antes de efetuar uma excursão pelo povoado do povo escandinavo
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Ponte que leva à entrada principal do parque Viking, na península da Crimeia
      Ponte que leva à entrada principal do parque Viking, na península da Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Sopé da cadeia montanhosa de Chatyr-Dag, na Crimeia, onde se situa o parque temático Viking
      Sopé da cadeia montanhosa de Chatyr-Dag, na Crimeia, onde se situa o parque temático Viking
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Um dos moradores do parque Viking conta aos jornalistas como era o dia a dia deste povo guerreiro
      Um dos "moradores" do parque Viking conta aos jornalistas como era o dia a dia deste povo guerreiro
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Barracas dos vikings no parque temático da Crimeia, perto da cidade de Simferopol
      Barracas dos vikings no parque temático da Crimeia, perto da cidade de Simferopol
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Jornalista pratica tiro com arco no parque Viking, na península da Crimeia
      Jornalista pratica tiro com arco no parque Viking, na península da Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Mesa com uma das bebidas alcoólicas prediletas dos vikings, a medovukha ou hidromel, preparada de água, mel e fermentos
      Mesa com uma das bebidas alcoólicas prediletas dos vikings, a medovukha ou hidromel, preparada de água, mel e fermentos
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Uma das instalações artesanais no parque temático Viking, na península da Crimeia
      Uma das instalações artesanais no parque temático Viking, na península da Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Instalações relacionadas com criação de cavalos no parque temático Viking, perto da cidade de Simferopol, na Crimeia
      Instalações relacionadas com criação de cavalos no parque temático Viking, perto da cidade de Simferopol, na Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Um dos moradores do parque Viking que se ocupa da fabricação de amuletos com runas, peças militares da época e cunhagem de moedas
      Um dos "moradores" do parque Viking que se ocupa da fabricação de amuletos com runas, peças militares da época e cunhagem de moedas
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Barracas que representam casas comerciais e ferrarias no parque temático Viking na península da Crimeia
      Barracas que representam casas comerciais e ferrarias no parque temático Viking na península da Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Uma das casas aquecidas dos vikings no parque temático da Crimeia
      Uma das casas aquecidas dos vikings no parque temático da Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Local que servia como vétche na época – ou seja, a assembleia dos anciões de um povoado, que se reuniram para resolver as questões locais mais importantes
      Local que servia como vétche na época – ou seja, a assembleia dos anciões de um povoado, que se reuniram para resolver as questões locais mais importantes
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Samovar, utensílio utilizado para servir chá, no parque temático Viking, na península da Crimeia
      Samovar, utensílio utilizado para servir chá, no parque temático Viking, na península da Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Construções do parque temático Viking, localizado no sopé da cadeia montanhosa de Chatyr-Dag, na Crimeia
      Construções do parque temático Viking, localizado no sopé da cadeia montanhosa de Chatyr-Dag, na Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    1 / 15
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    "Moradores" do parque Viking saúdam os visitantes antes de efetuar uma excursão pelo povoado do povo escandinavo

    O parque, de fato, reflete todo o dia-a-dia dos vikings da época — aqui, os visitantes podem conhecer todas as peculiaridades da vida deste povo, desde as indústrias de olaria, do vidro, de joalheria, até às instalações de pesca e agricultura. Além disso, todos os funcionários locais, isto é, "moradores" do povoado, fazem questão de ter um aspecto visual autêntico, o que ainda aumenta mais o espírito de aproximação a essa cultura interessante.

    Um dos lugares de entretenimento no parque Viking que representa os passatempos da época
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Um dos lugares de entretenimento no parque Viking que representa os passatempos da época

    E não é de estranhar que a obra tenha sido montada de modo tão escrupuloso, pois foi desenhada com a participação dos melhores especialistas russos em história escandinava.

    Ademais, se pode subir para as torres especiais que serviam como fortificações contra invasões do inimigo na época, e que hoje em dia desempenham o papel de um espaço de observação, de onde se tem uma vista deslumbrante da povoação.

    Uma das torres principais da aldeia viking que servia como fortificação contra inimigos e hoje em dia oferece uma vista deslumbrante para o parque temático Viking, na Crimeia
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Uma das torres principais da aldeia viking que servia como fortificação contra inimigos e hoje em dia oferece uma vista deslumbrante para o parque temático Viking, na Crimeia

    Os construtores do parque prestaram atenção a todos os detalhes — até usando lenhos queimando nas barracas, para recriar o ambiente de um povoado assaltado pelos invasores. Quanto à comida, esta, claro, também segue todos os padrões da época. Se você está de regime, nem se aproxime da mesa dos vikings, pois estes guerreiros comiam exclusivamente produtos com muitas calorias — toucinho, chouriço de sangue, vários tipos de carne e peixe assados e produtos defumados.

    Mais:

    Spa à russa: como os russos se curam com lama na Crimeia
    O que fazer na cidade de Rostov-no-Don além de assistir futebol em 2018?
    Maior parque nacional marítimo da América do Norte é criado no México (FOTOS)
    Tags:
    medieval, parque, aldeia, monumentos históricos, viking, Simferopol, Escandinávia, Rússia, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar