14:01 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Ombudsman de negócios russo, Boris Titov, durante o Fórum Exonômico Internacional de São Petersburgo 2017

    Conheça mais um possível adversário de Vladimir Putin nas presidenciais de 2018

    © Sputnik/ Konstantin Chalabov
    Rússia
    URL curta
    8415

    O ombudsman de negócios russo, Boris Titov, manifestou sua vontade de concorrer às eleições presidenciais de março como candidato do Partido do Crescimento, disse à Sputnik uma fonte anônima desta força política.

    "O Partido do Crescimento nomeará Titov para as presidenciais, é o que decidiu neste domingo o Conselho Político Federal, que apresentará a recomendação correspondente ao congresso [do partido]", revelou um funcionário do aparelho do partido.

    Presidente russo Vladimir Putin em círculo eleitoral
    © Sputnik/ Sergei Guneev
    Mais tarde, o próprio Titov confirmou a intenção de concorrer à presidência russa nas próximas eleições de março.

    "Não foi uma decisão fácil […] Claro que nos damos conta de todos os riscos. Posso dizer que, como político, estou longe de ser ideal, […] mas temos uma força enorme — nossa equipe", disse Titov aos jornalistas.

    Se a nomeação no congresso partidário se efetivar, dado que este terá lugar em dezembro, Titov planeja iniciar viagens de campanha pelas regiões.

    "Nós gostaríamos de convencer o país de que precisamos de uma estratégia de crescimento", explicou.

    Titov se manifesta a favor de "reformas econômicas sérias", mas acrescentou que elas devem desfrutar de apoio popular e ser implementadas em condições de estabilidade, cujo garante hoje em dia é Vladimir Putin.

    Sua principal crítica ao atual governo é que "a atual estabilidade não trabalha para o futuro, mas apenas para hoje".

    "Além da estabilidade, precisamos de progresso", frisou Titov, convencido de que "a iniciativa privada cria milagres" e de que "o país ficaria irreconhecível se as empresas pudessem se desenvolver de modo livre".

    Nascido em 24 de dezembro de 1960 e formado em Economia Internacional no Instituto Estatal de Relações Internacionais de Moscou (MGIMO), Boris Titov trabalhou por vários anos em empresas do setor petroquímico, foi membro do Conselho da Associação de Empresários e Gerentes Industriais e co-presidente da Associação Empresarial Russa.

    Em 2012, ele foi nomeado como ombudsman de negócios e, já em 2016, assumiu a presidência do partido Causa Justa, transformado posteriormente em Partido do Crescimento.

    As eleições presidenciais russas serão realizadas em março de 2018, sendo que a campanha eleitoral começa em dezembro de 2017.

    O atual presidente, Vladimir Putin, ainda não anunciou se apresentará sua recandidatura.

    Mais:

    Conheça mais uma loira que quer concorrer na corrida presidencial russa de 2018
    Quem é a loira que pode desafiar Vladimir Putin nas presidenciais de 2018?
    Putin insinua possível candidatura nas presidenciais de 2018
    Tags:
    candidatura, eleições presidenciais, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik