02:17 26 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    37140
    Nos siga no

    A China e a Rússia fortaleceram suas relações na influência da situação política internacional durante a reunião entre seus líderes no Kremlin, em Moscou.

    "Nós concordamos com o presidente [Vladimir] Putin em manter a independência das relações sino-russas quanto à situação internacional", comunicou o presidente chinês, Xi Jinping.

    Ele acrescentou que os dois países estão dispostos a cooperar mutuamente em todas as áreas.

    "Apreciamos o avanço da nossa cooperação que visa alcançar resultados reais", frisou o líder chinês.

    De acordo com Xi Jinping, seu país mantém laços e contatos estreitos com a Rússia.

    "A Rússia se tornou o país mais visitado por mim e por todos os líderes estrangeiros, que querem manter contatos e laços mais estreitos com eles", confessou Xi Jinping.

    Ele lembrou que a Rússia foi o primeiro país desde o início de sua gestão a ser visitado em 2013.

    Xi Jinping acrescentou que, desde 2003, ele se encontrou com Putin 22 vezes em ocasiões diferentes.

    O presidente chinês espera que esta visita a Moscou, que esta a decorrer entre 3 e 4 de julho, seja "bem-sucedida".

    O líder chinês comunicou que, durante sua visita de dois dias à Rússia, foram assinados vários acordos e mais de dez contratos que correspondem a mais de 10 bilhões de dólares (R$ 32,9 bilhões), de acordo com o Ministério das Relações Exteriores da China.

    Vale destacar que a agência Sputnik e a chinesa Xinhua na terça-feira (4 de junho) chegaram a um acordo sobre cooperação estratégica. No mesmo dia, foi assinado um acordo entre Sputnik e a emissora chinesa Guangdon.

    O chefe da agência de notícias internacional Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, e o vice-editor-chefe da emissora Guangdon, Shi Yanfeng, no dia 4 de julho de 2017
    © Sputnik /
    O chefe da agência de notícias internacional Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, e o vice-editor-chefe da emissora Guangdon, Shi Yanfeng, no dia 4 de julho de 2017

    A assinatura destes acordos foi realizada no âmbito do Terceiro Fórum da Mídia Sino-Russo, onde se planeja assinar por vota de 20 acordos bilaterais na área midiática.

    O chefe da agência de notícias internacional Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, e o vice-editor-chefe da Xinhua, Zhou Zongmin, no dia 4 de julho de 2017
    © Sputnik /
    O chefe da agência de notícias internacional Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, e o vice-editor-chefe da Xinhua, Zhou Zongmin, no dia 4 de julho de 2017

    Mais:

    Rússia e China são contra a instalação do THAAD no Nordeste da Ásia
    China apoia roteiro da Rússia para solução da situação norte-coreana
    Exclusivo – ‘BRICS: Rússia e China em alta; Brasil em queda’
    Tags:
    mídia, laços, Xinhua, Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, Vladimir Putin, Xi Jinping, Moscou, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar