08:16 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    164
    Nos siga no

    O especialista militar russo Igor Korotchenko afirmou nesta terça-feira que a OTAN se parece hoje a um “tumor cancerígeno” que afeta cada vez mais países, em um momento em que o discurso sobre um suposta ameaça russa não passam de “propaganda russofóbica desenfreada”.

    “A OTAN supera em quatro vezes o nosso país em número de efetivos, aviação, tanques, sistema de artilharia de grande calibre, etc.”, afirmou Korotchenko à RT, complementando que a preocupação da entidade quanto ao desenvolvimento militar da Rússia é “politicamente parcial”.

    Além disso, o especialista russo destacou que a OTAN instala as suas bases “com infraestruturas para manter uma guerra no sentido pleno” na Letônia, Lituânia, Estônia e Polônia, ao passo que as unidades militares russas ao longo da fronteira do país têm um caráter “meramente defensivo”.

    Korotchenko ainda mencionou a recente fala do presidente do Comitê Militar da OTAN, general Petr Pavel, que afirmou na segunda-feira ao portal norte-americano Politico que “não resta dúvida que a Rússia está desenvolvendo as suas capacidades armamentistas, tanto convencionais quanto nucleares”.

    “Não se pode afirmar com claridade se a Rússia tem intenções agressivas contra a OTAN”, completou Pavel. Tais declarações, para Korotchenko, demonstram que tudo não passa de uma estratégia de “demonizar” o país, às vésperas dos exercícios militares conjuntos com os bielorrussos.

    “Não ameaçam em nada”, disse o especialista sobre os exercícios, ao contrário das atividades conjuntas da OTAN que, a cada ano, “ensaiam a ocupação de Kaliningrado, o bloqueio e destruição das forças da frota russa no mar Báltico”, além de “ataques nucleares contra o território russo”.

    Mais:

    Grécia irá substituir base militar turca dos EUA e OTAN?
    Especialista: intensificação de atividade de inteligência da OTAN não surpreende Rússia
    Tensões no Báltico: OTAN cometeu 'erro perigoso' tentando pressionar Rússia
    Tags:
    Rússia, Polônia, Letônia, Estônia, Lituânia, Igor Korotchenko, Petr Pavel, OTAN, política, diplomacia, guerra, militares, aliança militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar