14:50 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov

    Lavrov: Rússia não tem confirmação segura da morte de al-Baghdadi

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Rússia
    URL curta
    3110
    Nos siga no

    Chanceler da Rússia, Sergei Lavrov, destacou que a Rússia não pode confirmar a 100% a morte do líder do Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia), Abu Bakr al-Baghdadi.

    "Desde então, estou a par desses relatórios, mas não posso confirmar a informação a 100%", declarou Lavrov a jornalistas.

    Ao mesmo tempo, o chefe da diplomacia russa sugeriu não sobrestimar a eventual eliminação do líder jihadista.

    "As ações que têm como objetivo destruir e eliminar a direção dos grupos terroristas costumam ser apresentadas com muito entusiasmo, mas a experiência mostra que essas estruturas recuperam, em seguida, a sua capacidade combativa", disse Lavrov.

    Entretanto, o porta-voz norte-americano da coalizão antiterrorista liderada pelos EUA, Ryan Dillon, declarou que o país não pode confirmar a morte do líder jihadista.

    O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, afirmou, por sua vez, que Vladimir Putin recebe permanentemente os relatórios necessários sobre o desenvolvimento da situação.

    O ministro das Relações Exteriores russo também comentou a implementação de sistemas de mísseis norte-americanos e frisou que, segundo estimativas da Rússia, no local de sua implementação não há unidades terroristas.

    Ele acrescentou que a Rússia lamenta que os EUA recorram a manobras geopolíticas em vez de lutarem em conjunto contra o terrorismo.

    Mais:

    'Acabaremos com o Daesh', diz ministro russo Sergei Lavrov
    Lavrov: Rússia e EUA possuem base para cooperação conjunta contra Daesh
    Lavrov: Rússia está contente com a intensificação de ataques dos EUA contra Daesh
    Tags:
    terrorismo islâmico, Daesh, Abu al-Baghdadi, Sergei Lavrov, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar