13:32 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    9130
    Nos siga no

    O ministro da Defesa russo Sergei Shoigu propôs nesta quarta-feira ao governo da China um roteiro para um acordo de desenvolvimento da cooperação militar entre os dois países entre os anos de 2017 e 2020.

    “Nossos especialistas prepararam um roteiro para o desenvolvimento na esfera militar das relações entre Rússia e China para o período entre 2017 e 2020, proposta para firmarmos hoje”, afirmou Shoigu.

    O acordo foi proposta durante o encontro do ministro russo com o ministro da Defesa chinês, coronel Chang Wanquan.

    “Rússia e China estão dispostas a defender a paz e fortalecer a segurança internacional com esforços conjuntos”, completou Shoigu.

    O ministro russo ressaltou ainda que a alta intensidade das conversações entre russos e chineses são prova “de um diálogo construtivo em todo o complexo de problemas da segurança global e regional”.

    Shoigu disse ainda que as relações de Moscou e Pequim “estão em alto nível e se desenvolvem de maneira estável” e que o acordo tem o apoio dos dois presidentes.

    “O recente encontro do presidente da Rússia, Vladimir Putin, com o presidente da China, Xi Jinping, no marco do fórum internacional Um Cinturão, uma Rota que definiu um forte impulso ao nosso trabalho para o ano em curso”, concluiu.

    Mais:

    Rússia: Novo ataque da coalizão dos EUA representa início de conflito aberto na Síria
    Lavrov: Rússia pode revogar o regime de isenção de vistos com a Ucrânia
    Rússia detectou o lançamento de 40 mísseis em todo o mundo durante 2016
    Tags:
    política, diplomacia, Xi Jinping, Vladimir Putin, Chang Wanquan, Sergei Shoigu, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar