16:54 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Crimeia

    Como Ucrânia pode desistir da ideia de recuperar a Crimeia

    © Sputnik/ Taras Litvinenko
    Rússia
    URL curta
    243562232

    A iniciativa do ministro da Justiça ucraniano, Pavel Petrenko, de abolir todas as leis aprovadas no período soviético significa que a lei sobre a entrega da península pela República Socialista Soviética da Rússia à República Socialista Soviética da Ucrânia em 1954 também será abolida.

    Esta é a opinião de Viktor Medvedchuk, líder do movimento Ukrainsky Vibor (Escolha Ucraniana, em português).

    "Interessante, será que o ministro ucraniano abdica de modo consciente da soberania ucraniana da Crimeia ou ele faz isso sem pensar?", escreveu Medvedchuk no seu blogue.

    Medvedchuk acrescentou que o comportamento do ministro Petrenko é compreensível: ele não sabe tratar dos assuntos e tenta se mostrar como progressista, (ou seja, fervoroso anticomunista), e, por isso, não se dá conta a que pode levar o desejo de banir tudo o que de qualquer maneira está ligado à época soviética. "Mas para isso não são necessárias capacidades especiais", disse.

    No passado 12 de abril, Pavel Petrenko propôs um projeto de lei que abole toda a legislação adotada nos tempos da União Soviética, ou seja, até 1991. Segundo ele, a iniciativa será debatida no parlamento ucraniano já em maio deste ano.

    Mais:

    Políticos ucranianos visitam a Crimeia
    'Crimeia é como um porta-aviões inafundável no mar Negro'
    Líder da Crimeia: Reunificação com a Rússia é inquestionável
    Tags:
    reintegração, integridade territorial, Rússia, Ucrânia, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik