14:53 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Estação Sennaya Ploshchad, São Petersburgo, 3 de abril de 2017

    6 pessoas são detidas em São Petersburgo por colaborar com terroristas

    © Sputnik / Anna Volkova
    Rússia
    URL curta
    Explosão no metrô de São Petersburgo (23)
    3111
    Nos siga no

    O Comitê de Investigação da Rússia informou sobre seis detidos em São Petersburgo, suspeitos de colaborar com grupos terroristas.

    "Os agentes dos departamentos regionais do Serviço Federal de Segurança (FSB) e do Ministério de Interior da Rússia, assim como a Guarda Nacional, detiveram seis naturais das repúblicas da Ásia Central, que chegaram à Rússia como migrantes laborais", diz o comunicado da entidade.

    De acordo com os dados do Comitê, os detidos recrutavam seus compatriotas para perpetrar atos terroristas e envolvê-los na atividade dos grupos jihadistas Daesh e Frente al-Nusra, ambos proibidos na Rússia.

    Estão sendo realizados registros das casas dos suspeitos, onde foram obtidos materiais islâmicos extremistas e documentos relevantes à investigação.

    A explosão ocorreu no metrô de São Petersburgo nesta segunda-feira (3) no terceiro vagão de um trem entre as estações Sennaya Ploshchad e Teknnologichesky Institut — estações centrais e umas das maiores e mais movimentadas da cidade.

    O Comitê de Investigação da Rússia abriu um processo penal por terrorismo, mas indicou que analisa também outras hipóteses.

    Tema:
    Explosão no metrô de São Petersburgo (23)

    Mais:

    Torre Eiffel apagará as luzes em homenagem às vítimas do atentado em São Petersburgo
    Número de mortes da explosão no metrô de São Petersburgo sobe para 14
    Autoridades russas atualizam número de feridos em explosão em São Petersburgo
    Tags:
    detenção, polícia, metrô, explosão, São Petersburgo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar