06:58 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Complexo metalúrgico de Magnitogorsk, Rússia

    Rússia apresenta queixa contra medida antidumping da UE à Organização Mundial do Comércio

    © Sputnik / Aleksandr Kondratyuk
    Rússia
    URL curta
    461

    A Rússia apresentou à Organização Mundial do Comércio (OMC) uma denúncia contra a medida antidumping introduzida pela UE em relação a alguns produtos de metalurgia russos, informa o Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia.

    As taxas antidumping são de 18,7 por cento para a empresa MMK, de 34 por cento para a Severstal e de 36,1 por cento para o Complexo Metalúrgico de Novolipetsk e outras empresas. Elas foram introduzidas em agosto de 2016.

    O ministério apontou que a razão para a apresentação de queixa foram numerosas violações das regras da OMC cometidas pela Comissão Europeia no decurso da investigação antidumping.

    A primeira fase de resolução de litígios na OMC é constituída por consultas entre as partes para encontrar meios para sua regulação.

    "Se no decurso das consultas tais meios não forem encontrados, a Rússia poderá apelar à OMC para criar um grupo de arbitragem para investigar o litígio", explica o ministério.

    Em novembro de 2016, a empresa Severstal e o Complexo Metalúrgico de Novolipetsk também contestaram a decisão da Comissão Europeia sobre a introdução de taxas para produtos laminadas a frio no Tribunal Geral da União Europeia. As empresas russas consideraram essa decisão como ilegítima.

    Em 2015, a empresa metalúrgica russa Severstal vendeu 1,336 milhões de toneladas de produtos laminados a frio, incluindo 200-250 mil toneladas vendidas a empresas europeias.  Além disso, em 2015, a empresa russa Complexo Metalúrgico de Novolipetsk comercializou 1,446 milhões de toneladas desse produto, cerca de 350 mil toneladas foram fornecidas a países da UE.

    Mais:

    Deputado europeu: 'A Rússia deve virar um aliado privilegiado da UE'
    Biden apela 'lutar pela UE' e fazer frente à influência russa na Europa
    Sanções contra Rússia custam à UE 17 bilhões de euros
    UE prorroga oficialmente sanções contra a Rússia até 31 de julho de 2017
    Tags:
    queixa, regras, violação, metalúrgicos, produtos, litígio, investigação, consultas, tribunal, taxas, OMC, UE, Comissão Europeia, Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik