00:42 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de mísseis Iskander-M durante o desfile de equipamento militar no polígono de Alabino no Fórum militar EXÉRCITO 2016, região de Moscou, Rússia, setembro de 2016

    Kremlin revela até quando mísseis Iskander permanecerão em Kaliningrado

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Rússia
    URL curta
    13513

    Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo, declarou em uma entrevista à BBC que por enquanto a Rússia não vê possibilidades para retirar seus mísseis de Kaliningrado.

    Enquanto os mísseis da OTAN continuam na Europa, Moscou não poderá retirar os Iskander de Kaliningrado.

    "Não é possível simplesmente retirar estes mísseis de Kaliningrado, sem saber se os planos de criação do sistema antimíssil contra a Rússia no continente europeu serão anulados", disse Peskov citado pela BBC.

    Anteriormente, as autoridades americanas e europeias apelaram à Rússia para não deslocar sistemas S-400 e Iskander para a área de Kaliningrado, declarando que isso prejudicaria a segurança europeia. Contudo, todos reconheceram que Moscou tem todo o direito de instalar esses sistemas no seu território.

    As autoridades russas destacaram várias vezes que a instalação dos mísseis S-400 e Iskander é uma resposta ao desdobramento dos sistemas de defesa antimíssil americanos na Europa.

    Mais:

    Esta cidade russa horroriza a OTAN
    Lavrov revela o real motivo do deslocamento de mísseis Iskander na Rússia
    Rússia moderniza sistemas de mísseis Iskander-M
    OTAN quer responder à instalação de Iskander em Kaliningrado
    Tags:
    segurança nacional, OTAN, Dmitry Peskov, Rússia, Kaliningrado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik