00:41 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Barcos de resgate no local do acidente do Tu-154

    Mergulhadores encontram fuselagem do Tu-154 no mar Negro

    © Sputnik/ Nina Zotina
    Rússia
    URL curta
    Acidente aéreo do Tu-154 no mar Negro (30)
    170

    De acordo com dados preliminares, os destroços foram encontrados na profundidade de 27 metros, a 1 milha náutica da costa, disse à RIA Novosti um representante do Ministério para Situações de Emergência.

    Anteriormente foi informado que havia sido encontrada a fuselagem, mas, como precisou o Ministério para Situações de Emergência, são grandes destroços.

    "Em 26 de dezembro às 13h20 (08h20, no horário de Brasília) os mergulhadores do Ministério da Defesa da Rússia encontraram no mar Negro destorços do avião caído ontem. Segundo informações preliminares, os destroços estão na profunidade de 27 metros, a 1 milha náutica da costa na direção da pista de decolagem" se diz no comunicado.

    Uma fonte disse à RIA Novosti que foram encontrados quatro destroços do Tu-154, um deles com 4 metros de comprimento.

    Uma parte deles já foi levantada, conforme Ministério para Situações de Emergência.

    Em 25 de dezembro um avião Tu-154 do Ministério da Defesa russo caiu no mar Negro, com 92 pessoas a bordo (84 passageiros e 8 membros da tripulação) depois de ter desaparecido dos radares 7 minutos após a decolagem. Entre os passageiros a bordo estava um grupo de músicos que planejava dar um concerto de Ano Novo na Síria para os militares russos e vários jornalistas dos principais canais de TV russos. Presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou formar a Comissão Estatal para investigar a tragédia.

    Tema:
    Acidente aéreo do Tu-154 no mar Negro (30)

    Mais:

    Ainda não foram encontradas evidências de que queda do Tu-154 tenha sido ato terrorista
    Rússia reforça equipe de resgate e amplia zona de buscas no local da queda do Tu-154
    Vladimir Putin expressa condolências pelo acidente aéreo do Tu-154 (VÍDEO)
    Tags:
    operação de resgate, acidente aéreo, Ministério para Situações de Emergência, mar Negro, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik