19:41 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov na reunião dos líderes dos países-membros da Comunidade dos Estados Independentes, Quirguistão, 16 de setembro de 2016

    Lavrov apela para cooperação pragmática e reciprocamente proveitosa com OTAN

    © Sputnik/ Grigory Sysoev
    Rússia
    URL curta
    120

    No decorrer do fórum internacional em homenagem ao ex-chanceler e premiê russo Yevgeny Primakov, do qual participam diplomatas, políticos e peritos em Relações Internacionais, Sergei Lavrov expressou suas impressões quanto a cooperação com a OTAN e outros assuntos de importância global.

    Moscou continua alinhada ao ato fundamental do Conselho OTAN-Rússia e apela à Aliança para que não se afaste dos seus princípios, afirmou o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.

    Ao discursar no fórum dedicado ao célebre diplomata russo Yevgeny Primakov, o ministro russo fez lembrar que, em 1997, os signatários do documento acordaram em não se considerar um ao outro como adversários.

    "Continuamos entendendo o ato fundamental como um dos acordos-chave na esfera da segurança europeia. Apelamos aos países-membros da OTAN para não permitirem o desvio dos princípios e regras de conduta estabelecidos no diocumento. Infelizmente, tais tentativas já têm ocorrido", manifestou Lavrov.

    "Hoje em dia é nesta base — nos princípios de igualdade, respeito recíproco de interesses, não interferência nos assuntos internos — que o presidente russo, Vladimir Putin, propõe construir o diálogo russo-americano. A cooperação pragmática e reciprocamente proveitosa entre a Rússia e os EUA corresponde aos interesses de ambos os países, à estabilidade e segurança mundiais", frisou o chefe da chancelaria russa no seu discurso.

    Segundo disse o ministro, a tradição que "foi incorporada no nosso entendimento da política externa por Yevgeny Primakov continua sendo a base da diplomacia atual".

    Chefe do Ministério das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, discursa no fórum internacional dedicado ao célebre diplomata russo, Yevgeny Primakov, em 30 de novembro de 2016
    © Sputnik/ Ramil Sitdikov
    Sergei Lavrov discursa no fórum internacional dedicado ao célebre diplomata russo, Yevgeny Primakov, em 30 de novembro de 2016

    Outro discurso em destaque durante o fórum internacional foi o da presidente do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo), Valentina Matvienko. Segundo disse a senadora, Yevgeny Primakov foi primeiro a fazer o Ocidente entender que a Rússia conduzirá uma política externa independente ao determinar "uma linha vermelha que não pode ser ultrapassada por ninguém".

    "Claro que nem todos gostam disso. É daqui que provêm a pressão política, as sanções econômicas, a maciça campanha midiática contra a Rússia, as tentativas de isolar o nosso país nos assuntos internacionais. Mas já se pode dizer que estas tentativas fracassaram", afirmou Matvienko.

    Mais:

    Lavrov e Kerry discutem normalização da situação em Aleppo
    Lavrov chamou de inadmissível o incidente com jornalista da RT durante briefing de Kirby
    Lavrov e Kerry se reúnem em Lima às margens da APEC
    Tags:
    fórum, discurso, cooperação, Conselho Rússia-OTAN, Ministério das Relações Exteriores, OTAN, Valentina Matvienko, Yevgeny Primakov, Sergei Lavrov, Ocidente, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik