05:03 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Aleksei Ulyukaev (foto de arquivo)

    Putin e Medvedev comentam detenção do ministro de Desenvolvimento Econômico

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Rússia
    URL curta
    13180
    Nos siga no

    O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, foi informado da detenção do ministro de Desenvolvimento Econômico, Aleksei Ulyukaev, por suspeita de suborno. Ele tem discutido o assunto com o presidente Vladimir Putin, disse o Governo da Rússia na terça-feira (15).

    O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, foi informado da detenção do ministro de Desenvolvimento Econômico, Aleksei Ulyukaev, por suspeita de suborno. Ele tem discutido o assunto com o presidente Vladimir Putin, disse o Governo da Rússia na terça-feira (15).

    Segundo o Comitê de Investigação da Rússia, Aleksei Ulyukaev está sendo investigado por ter supostamente recebido 2 milhões de dólares para dar avaliação positiva à compra da Bashneft pela Rosneft, ambas são empresas de petróleo e gás russas.

    De acordo com as últimas informações, o ministro já foi acusado formalmente de ter recebido suborno, tendo desacatado, assim, o poder dado a ele.

    "O primeiro-ministro foi informado da detenção de Ulyukayev", disse a assessoria de imprensa do governo. "O primeiro-ministro discutiu o incidente com o presidente russo”, acrescentou a assessoria.

    “O primeiro-ministro acredita que é necessário conduzir uma investigação mais aprofundada do caso”, salientou o governo.

    De acordo com o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, o presidente russo, Vladimir Putin, está ciente da situação desde o início da investigação.

    "Está claro que o presidente foi informado sobre o assunto. Ele está ciente. Foi informado assim que se iniciou a investigação. Sendo assim, o presidente recebeu todas as informações. Mas, repito, como eu disse, estas acusações são muito sérias. O veredito só pode ser tomado pela justiça", afirmou Peskov. 

    Empresas de gás e petróleo Rosneft e Bashneft, o grupo ALROSA de empresas de mineração de diamantes, banco VTB, bem como a empresa de petróleo marítima e de transporte de gás liquefeito Sovcomflot, estão na lista de empresas que serão parcialmente privatizadas.

    Espera-se que a Rússia venda 19,5% das ações da Rosneft antes do final do ano.

    Mais:

    Comissão debate projeto contra corrupção com procurador da Lava-Jato
    Combate à corrupção deixa pessoas quase sem dinheiro na Índia
    Guerra à corrupção: O que é o pacote de ’10 medidas contra a corrupção’?
    Tags:
    detenção, corrupção, justiça, economia, Bashneft, Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia, Rosneft, Alexei Ulyukaev, Dmitry Medvedev, Dmitry Peskov, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar