15:06 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Inauguração do monumento ao príncipe Vladimir em Moscou.

    Zakharova responde às acusações do presidente ucraniano com ar sarcástico

    © Sputnik / Sergey Pyatakov
    Rússia
    URL curta
    8140

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, comentou as palavras do presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, sobre a recente inauguração do monumento ao príncipe Vladimir em Moscou.

    Anteriormente, no decorrer da sua visita à Eslovênia, Poroshenko se referiu à inauguração do monumento como uma ‘tentativa de fazer história através de medidas híbridas’.

    "Apropriação híbrida da história significa gritar em todas as esquinas, por dois anos, que a Ucrânia deu origem à ONU e, a partir do primeiro dia de funcionamento [da organização] em 1945, a delegação ucraniana, sendo ainda parte integrante da URSS, participou ativamente da formação desta organização, e ao mesmo tempo, em 2014, demolir em Kiev o monumento de Dmitry Manuilsky, primeiro representante permanente da Ucrânia junto às Nações Unidas. Este é apenas um dos exemplos de um ‘modo de pensar híbrido”, escreveu a diplomata na sua página do Facebook.

    O monumento ao Príncipe de Kiev e Batizador da Rus, Vladimir (978-1015), foi inaugurado com solenidade próximo às muralhas do Kremlin, na Praça Borovitskaya, no Dia da Unidade do Povo. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, o premiê russo, Dmitry Medvedev,  o prefeito moscovita, Sergei Sobyanin, a chefe do Conselho da Federação da Rússia (câmara alta do parlamento russo), Valentina Matvienko e o ministro russo da Cultura, Vladimir Medinsky, participaram da cerimônia.

    O chefe do Estado chamou o batismo da Rus de um evento-chave na época do Príncipe Vladimir. Esta escolha, como assinalou Putin, simbolizou uma nascente espiritual comum para os povos russo, bielorrusso e ucraniano.

    Poucas horas depois da inauguração, o Twitter oficial do governo ucraniano postou uma foto do monumento do Príncipe Vladimir em Kiev, acompanhada pelo texto em inglês:

    "Não se esqueçam de como é o verdadeiro monumento do Príncipe Vladimir. Foi Kiev quem deu o cristianismo ortodoxo à Rus. Eis um aviso cortês para a Rússia."

    Zakharova reagiu aos comentários de Kiev com ironia, ao escrever no Facebook:

    "Entenderam? Pode haver apenas um monumento verdadeiro. E aí, vejam só quantos Pushkins [escritor eminente russo] proliferaram no mundo. Isto não serve para nada."

    Mais:

    Deputada e ex-militar ucraniana sobre Poroshenko: 'É um presidente fraco!'
    Poroshenko nega existência de acordos secretos com o Ocidente
    Kremlin: Putin e Poroshenko não tiveram conversa exaltada
    Tags:
    guerra híbrida, batismo, cerimônia, inauguração, monumento, Twitter, ONU, Pyotr Poroshenko, Maria Zakharova, Moscou, Kiev
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar