12:23 06 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    2111
    Nos siga no

    A posição de Moscou sobre a hipótese de assinar acordo de paz com o Japão permanece sem alterações, afirmou a representante do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova.

    "A nossa posição sobre este assunto é coerente e invariável: as Ilhas Curilas do sul pertencem à Rússia em resultado da Segunda Guerra Mundial. A soberania russa sobre elas não está em dúvida", disse a diplomata aos jornalistas.

    "Partimos de que a necessidade de progresso na assinatura do acordo de paz é o reconhecimento da realidade pelo Japão, inclusive as que se formaram em resultado da guerra (Segunda Guerra Mundial – red.). Ao mesmo tempo, uma precondição do êxito deste diálogo é o desenvolvimento progressivo de todo o complexo de relações bilaterais, uma confiança reforçada e uma cooperação mútua ampliada entre os países", sublinhou a representante oficial da chancelaria russa.

    O problema das Ilhas Curilas ofuscou durante muito tempo as relações entre a Rússia e o Japão.

    Tóquio pretende ter a posse das ilhas Iturup, Kunashir, Shikotan e Khabomai, referindo-se ao Tratado de Shimoda sobre comércio e fronteiras assinado em 1855.

    Por sua parte, Moscou considera que Ilhas Curilas do sul foram incorporadas na União Soviética em resultado da Segunda guerra Mundial e que a soberania da Rússia, que tem a formalização jurídica internacional adequada, não pode ser contestada. O Japão incluiu a devolução das Ilhas como condição para o acordo de paz com a Rússia, que desde o fim da Segunda Guerra Mundial ainda não foi assinado.

    Mais:

    'Tóquio faz proposta sem precedentes a Moscou'
    Japão esconde 'nova abordagem' para fazer Rússia ceder mais
    Revelada posição de Tóquio em relação às Ilhas Curilas
    Tags:
    posição, disputa territorial, Maria Zakharova, Ilhas Curilas, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar