23:36 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da Rússia

    Putin fala sobre sanções e considera 'anormais' as atuais relações com os EUA

    © Sputnik/ viperagp
    Rússia
    URL curta
    1100751

    O presidente da Rússia Vladimir Putin contou que ainda não vê sentido em debater com os EUA as sanções anti-russas, apesar desse tema ter sido abordado durante o seu encontro com o líder americano Barack Obama, às margens da cúpula do G20.

    "Sim, o tema das sanções foi abordado, mas de forma ocasional. Não discutimos nada de concreto. Ainda não vejo sentido em debater questões dessa ordem. A implementação dessas restrições não foi uma iniciativa nossa. Penso que a discussão dessas questões seja uma pauta para o futuro, se chegarmos a isso" – disse Putin em entrevista coletiva que se seguiu ao encontro dos dois líderes.

    Putin chamou de "anormais" as atuais relações com os EUA e expressou a esperança de que as mesmas sejam normalizadas.

    "Isso não é normal – a situação atual, e nós somos a favor da normalização em formato pleno com os EUA" – destacou o líder russo.

    "Espero que isso aconteça em algum momento e que a normalização, uma normalização plena das relações, inclusive com os EUA, que sem dúvida são um parceiro muito importante para nós, seja realizada" – acrescentou.

    Putin disse ainda que os EUA são um dos principais parceiros da Rússia na área de segurança e destacou que durante o encontro foram dados passo importantes em direção à regulação da crise síria.

    Obama, por sua vez, que também falou à imprensa após o encontro com Putin, declarou que o levantamento das sanções anti-russas está diretamente ligado ao cumprimento dos Acordo de Minsk sobre a regulação da crise ucraniana.

     

    Mais:

    Putin revela como deverá ser o próximo líder da Rússia
    Divulgado único vídeo do encontro entre Putin e Obama na China (VÍDEO)
    Obama revela suas impressões sobre encontro com Putin
    Tags:
    sanções, relações, Barack Obama, Vladimir Putin, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik