Eleições parlamentares 2016 - Rússia

Parlamentar diz que países tentam influenciar as eleições presidenciais na Rússia

© AP Photo / Sergei Grits
Eleições Presidenciais da Rússia 2018
URL curta
351
Nos siga no

Na véspera das eleições presidenciais na Rússia, a mídia que recebe financiamento de outros países não cessa as tentativas de impor sua própria agenda na Rússia, disse o vice-presidente da Duma (Câmara Baixa do Parlamento russo), Piotr Tolstoy.

"Todos vocês sabem sobre as tentativas contínuas, especialmente na véspera de março de 2018, para impor uma agenda de informação através da mídia que não está na Rússia e recebe financiamento direto de outros Estados", opinou Tolstoy.

A este respeito, sublinhou o parlamentar, é necessário que os dados divulgados pelos meios de comunicação declarados como agentes estrangeiros sejam marcados de forma especial.

Em 25 de novembro, o presidente russo Vladimir Putin assinou a lei sobre o status de um agente estrangeiro para a mídia, que entrou em vigor no mesmo dia. O documento foi previamente aprovado por ambas as câmaras do Parlamento russo.

A lei estipula que, como agentes estrangeiros, a mídia que recebe fundos de governos ou organizações estrangeiras pode ser reconhecida.

Este regulamento recebeu a luz verde depois que o governo norte-americano forçou, no dia 13 de novembro, o canal de televisão RT America a se registrar como agente estrangeiro alegando a lei FARA, legislação que não era direcionada à mídia.

A diretora da RT, Margarita Simonyan, descreveu as demandas de Washington como abuso de liberdade de expressão.

Nesta quarta-feira foi anunciado que o Departamento de Justiça dos EUA forçou a empresa parceira da agência e rádio Sputnik, a RIA Global LLC, a se registrar como agente estrangeiro se referindo às "suas atividades políticas nos Estados Unidos".

Mais:

Eleições na Rússia: Partido Comunista escolhe Pavel Grudinin como candidato à presidência
Rússia dá como 'esgotada' a questão da suposta interferência russa nas eleições dos EUA
Eleições na Rússia: quase 70% dos russos votariam em Vladimir Putin
Putin acusa EUA de querer causar problemas nas eleições presidenciais da Rússia
Tags:
interferência estrangeira, reeleição, política, eleições russas 2018, Piotr Tolstoy, Margarita Simonyan, Vladimir Putin, Estados Unidos, Rússia
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik
  • Comentar