04:24 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7391
    Nos siga no

    O Irã não vai tolerar o aumento das atividades dos grupos terroristas no norte do Iraque e determinou atacá-los caso a fronteira do país seja ameaçada, afirmou o comandante das forças terrestres do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, o general Mohammad Pakpour.

    A declaração do general de brigada Pakpour ocorreu em meio à escalada das atividades do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países) no norte do Iraque.

    No domingo (5), membros do grupo terrorista mataram 12 em um ataque contra a polícia federal na vila de Tal al-Steih.

    "Dada a crescente ameaça terrorista e de grupos armados no Curdistão, no norte do Iraque, bem como a crescente instabilidade na fronteira iraniana, eu declaro que o Irã não vai tolerar isso e dará uma resposta forte e necessária", afirmou Pakpour.

    "Não transformem seu território em arena para terroristas [...] Eu reitero, caso seja necessário, nós [o Irã] vamos atacar", ressaltou.

    Em 2017, as autoridades iraquianas declararam vitória sobre o Daesh no país. Contudo, o Exército iraquiano segue atacando os militantes e "células inativas" do grupo terrorista em todo o país.

    Mais:

    China e Irã dão seu apoio a Afeganistão após EUA congelarem bens no valor de US$ 9 bilhões
    Irã manda aviso referindo 'resposta decisiva' às sanções e ameaças dos EUA
    Irã apresenta nova versão do sistema de defesa antiaérea Bavar-373
    Tags:
    Irã, atacar, ataque, ataques, terroristas, grupos terroristas, células terroristas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar