13:11 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4229
    Nos siga no

    O Departamento Federal dos Negócios Estrangeiros da Suíça confirmou a morte de sua funcionária, representante dos interesses norte-americanos, após esta cair de um arranha-céu em Teerã.

    O Departamento Federal dos Negócios Estrangeiros da Suíça confirmou à Sputnik a morte da funcionária da embaixada suíça em Teerã, destacando, que está em contato com as autoridades iranianas sobre as circunstâncias da morte da diplomata.

    "O Departamento Federal dos Negócios Estrangeiros confirma que a funcionária da embaixada da Suíça em Teerã morreu na terça-feira (4). O Departamento e seu chefe, o conselheiro federal Ignazio Cassis, estão alarmados pela morte trágica e expressam profundas condolências à família [...] A Embaixada da Suíça está em contato com as autoridades locais", informou a chancelaria suíça.

    Anteriormente, foi revelado que a diplomata da Embaixada da Suíça morreu em resultado da queda de um arranha-céu em Teerã, segundo a agência Mehr citando os representantes dos serviços de emergência.

    A diplomata, de 51 anos, era a primeira secretária da embaixada e representava os interesses dos Estados Unidos. Conforme os serviços de emergência, ainda não se sabe se foi um acidente ou suicídio.

    A Suíça começou a representar os interesses norte-americanos no Irã após Teerã ter cortado as relações diplomáticas com Washington.

    Mais:

    Acidente com helicóptero em São Paulo deixa 2 pessoas feridas
    Explosão atinge instalação petroquímica e deixa ao menos 6 feridos no Irã (VÍDEO, FOTOS)
    Colisão de embarcações provoca vazamento de petróleo na China
    Colisão de barcos deixa ao menos 25 mortos em Bangladesh
    Tags:
    Suiça, Irã, EUA, diplomata, morte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar