21:00 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8333
    Nos siga no

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, declarou nesta quinta-feira (22) que a OTAN gastou bilhões de dólares para treinar as Forças de Segurança Nacional do Afeganistão.

    A diplomata russa afirmou que a soma multimilionária "foi jogada na areia". "Os americanos só perceberam que os problemas afegãos não têm solução militar depois de uma década de campanha vergonhosa", enfatizou.

    Os Estados Unidos e outros países membros da OTAN prometeram continuar apoiando as forças de segurança afegãs e "apoiar o povo afegão", apesar de retirarem suas tropas.

    Soldado da OTAN atingido por explosão do carro-bomba no Afeganistão
    © AFP 2021 / WAKIL KOHSAR
    Soldado da OTAN atingido por explosão do carro-bomba no Afeganistão

    No entanto, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia se manifestou de forma cética de que eles possam conseguir isso.

    "Ao longo de 20 anos eles não conseguiram criar estruturas de segurança locais que seriam capazes de defender o país por conta própria e garantir a lei e a ordem", disse a representante oficial da chancelaria russa.

    Maria Zakharova disse estar convencida de que a única maneira de alcançar a paz no Afeganistão é através da negociação entre Cabul e o Talibã.

    Em 21 de abril, o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou que 2.500 soldados norte-americanos no Afeganistão seriam retirados do país no 20º aniversário dos ataques de 11 de setembro. A redução está prevista para começar em 1º de maio. A OTAN aderiu à decisão de Washington e os países membros também concordaram em retirar as tropas junto com os Estados Unidos.

    Mais:

    China pode enviar forças de paz ao Afeganistão após retirada de tropas dos EUA, diz mídia
    Saída dos EUA do Afeganistão teria como meta liberar recursos para enfrentar China
    Forças da Noruega e Dinamarca deixarão o Afeganistão em situação 'decepcionante'
    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Rússia, Maria Zakharova, Talibã, tropas, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar