06:09 25 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2210
    Nos siga no

    O exército iraquiano matou um total de 42 membros do Daesh (grupo terrorista banido na Rússia e outros países) em uma operação realizada ao sul da cidade de Mossul, na região norte do país.

    A informação foi publicada em redes sociais pelo porta-voz do comandante-em-chefe do país, Yehia Rasool, neste domingo (13).

    "Por ordem do comandante-em-chefe das Forças Armadas e sob a supervisão direta do chefe do departamento de contraterrorismo, [...] as forças atacaram o chamado bolsão Dijlah, que abriga grupos terroristas do Daesh na região de Ain al-Jakhsh [...]. Durante esta operação heroica, 42 terroristas do Daesh foram mortos", escreveu Rasool no Twitter junto com imagens da operação.

    ​Ainda segundo o porta-voz, a ação recebeu apoio da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, que ajuda no combate ao Daesh na região.

    Na segunda-feira (7), as Forças de Segurança iraquianas detiveram um membro do alto escalão do Daesh na província de Anbar. A informação também foi divulgada por Rasool, que acrescentou que o militante preso atuava como vice-governador do Daesh no Iraque.

    Tropas iraquianas em Mossul
    © REUTERS / Muhammad Hamed
    Tropas iraquianas em Mossul

    O governo iraquiano declarou vitória sobre o Daesh ainda em 2017, após três anos de luta contra o grupo, embora grupos de militantes da organização permaneçam em algumas áreas do país e ataques terroristas mundo afora sejam reivindicados pelo grupo.

    Mais:

    Ataque do Daesh contra vila na Síria deixa 9 pessoas mortas, diz mídia local
    Rússia e Síria acusam EUA de treinar terroristas do Daesh em território sírio
    Ataque do Daesh deixa ao menos 8 mortos e 31 feridos em Cabul
    Tags:
    Mosul, Daesh, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar