04:06 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de dezembro (93)
    210
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (4), o Bahrein aprovou o uso emergencial da vacina contra o novo coronavírus produzida pela Pfizer e pela BioNTech.

    A informação foi publicada pela agência estatal Bahrain News Agency. O país é o segundo a aprovar a vacina, dois dias após o Reino Unido.

    "A confirmação da aprovação pela Autoridade Reguladora de Saúde Nacional do reino do Bahrein seguiu-se a uma análise e revisão minuciosa realizada pela autoridade de todos os dados disponíveis", disse o reino por meio da agência.

    Apesar da aprovação, não há detalhes sobre como se dará a vacinação no Bahrein nem quantas vacinas foram compradas. Um dos desafios do país será garantir a distribuição da vacina de forma segura, uma vez que o armazenamento do imunizante de Pfizer exige temperatura de 70 °C negativos.

    Em Purs, na Bélgica, um caminhão refrigerado deixa um fábrica da Pfizer, em 3 de dezembro de 2020
    © REUTERS / Yves Herman
    Em Purs, na Bélgica, um caminhão refrigerado deixa um fábrica da Pfizer, em 3 de dezembro de 2020

    Essa não é a primeira vacina a ser autorizada de forma emergencial no país. O Bahrein já havia concedido autorização de uso emergencial para uma vacina chinesa fabricada pela farmacêutica Sinopharm.

    Conforme os dados da Universidade Johns Hopkins, o país, com uma população de cerca de 1,6 milhão de pessoas, registrou mais de 87 mil casos da COVID-19 e 341 mortes causadas pela doença. Até o momento, o país já realizou cerca de dois milhões de testes para detecção no novo coronavírus.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de dezembro (93)

    Mais:

    Anvisa diz que recebeu documentos dos testes das fases 1 e 2 da vacina da Pfizer contra COVID-19
    Pfizer diz que enviou à Anvisa dados de testes de vacina contra COVID-19
    Morre premiê de Bahrein, Khalifa bin Salman Al Khalifa
    Tags:
    COVID-19, Pfizer, Bahrein, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar