05:29 31 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 62
    Nos siga no

    Os tanques israelenses mais uma vez atacaram as instalações do movimento islâmico Hamas na Faixa de Gaza depois que vários balões explosivos foram lançados do enclave palestino, disseram as Forças de Defesa de Israel (FDI) nesta quarta-feira (19).

    Israel sofreu uma série de ataques de balões explosivos vindos da Faixa de Gaza neste mês e respondeu com ataques aéreos e tiros de tanques em diversas ocasiões nas semanas anteriores.

    Palestino caminhando ao lado do gabinete do líder do Hamas, destruído parcialmente por um ataque aéreo israelense
    © AP Photo / Adel Hana
    Palestino caminhando ao lado do gabinete do líder do Hamas, destruído parcialmente por um ataque aéreo israelense

    Na semana passada, Israel fechou o posto de controle de Kerem Shalom na fronteira com Gaza, permitindo apenas entregas de carga humanitária e combustível. Dois dias depois, Israel também decidiu interromper as entregas de combustível ao enclave.

    Terroristas lançaram balões explosivos de Gaza sobre Israel ao longo do dia, causando incêndios na região sul de Israel. Em resposta, nossos tanques atacaram postos militares do Hamas em Gaza.

    O Hamas, uma organização militante sunita palestina que controla a Faixa de Gaza, é parte de um conflito prolongado com Israel, que se recusa a reconhecer a Palestina como entidade política e diplomática independente. Israel responsabiliza o Hamas por quaisquer ataques vindo da Faixa de Gaza.

    Mais:

    Israel destrói postos do Hamas em Gaza após fim de semana tenso
    Emirados Árabes Unidos reagem e afirmam que acordo com Israel não é direcionado ao Irã
    Israel suspende operações de transporte de helicópteros Black Hawk após estranhos problemas técnicos
    Riad diz que acordo entre Israel e Emirados Árabes é 'positivo', mas defende Estado palestino
    Tags:
    Hamas, Palestina, Forças de Defesa de Israel (FDI), Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar